quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Governo do Estado debate sobre o Plano Nacional de Direitos Humanos


Depois de passar por 11 Regiões de Desenvolvimento do Estado, e atender a um público de cerca de 10 mil pessoas, o XXI Seminário: “Pernambuco e o Plano Nacional de Direitos Humanos III” chega ao Recife. O encontro, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – SEDSDH, e coordenado pela Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos - SEJUDH, foi realizado, nesta quarta-feira, no auditório do Recife Praia Hotel, em Boa Viagem e contou com a palestra “Desafios e Perspectivas do século XXI”, proferida por Manoel Moraes, cientista político e membro da Comissão Estadual da Memória e da Verdade Dom Helder. 

Segundo Laura Gomes, secretária da SEDSDH, o objetivo da ação foi promover debates sobre o Plano Nacional de Direitos Humanos,  com a participação de entidades ligadas ao tema. Na ocasião, foi apresentado por Paulo Moraes, secretário executivo de Justiça e Direitos Humanos, o resultado das Semanas Regionais de Direitos Humanos, que aconteceram no interior, as quais contaram com  a participação de representantes de conselhos de idosos; agentes de defesa social; juventude; movimento LGBT; povos tradicionais; polícias e órgãos de segurança; conselhos tutelares; prefeituras; câmaras municipais e a sociedade civil. Mais de 90 municípios do Agreste, Sertão e Zona da Mata foram beneficiados. Essas atividades buscam interiorizar as ações formando e capacitando os parceiros no atendimento ao cidadão.

Para Leonilde de Souza, mediadora de Conflitos do Coque e integrante da Rede de Mulheres de Terreiro, essa ação vem fortalecer ainda mais a política de igualdade, quando trabalhamos com o objetivo de aproximar da melhor maneira possível as pessoas que se encontram em conflitos.

Informações: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário