quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Comitê inicia Programa de Universalização da Água em PE

Com investimentos da ordem de R$ 183,9 milhões, dos quais, R$ 24 milhões de contrapartida do Governo do Estado, o Programa Água para Todos, executado em parceria com o Governo Federal, possibilitará, no triênio 2012/2014, a implantação e recuperação de 1.175 sistemas simplificados de abastecimento d’água, beneficiando 47 mil famílias, e a construção de 440 barragens mecanizadas, atendo 22 mil propriedades voltadas à agricultura familiar. O programa será implementado em duas etapas. Inicialmente, serão construídos 400 sistemas simplificados e 200 barragens.
O Água para Todos, integra o Plano Brasil Sem Miséria e, destina-se a promover a universalização do acesso à água pelas famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social, residentes em áreas rurais. A ação permitirá a obtenção de água de boa qualidade para o consumo humano e animal.

De acordo com o secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, por orientação do governador Eduardo Campos, os trabalhos serão iniciados, prioritariamente, nos assentamentos e nas comunidades quilombolas e indígenas.

Na 1ª Reunião Ordinária do Comitê Executivo Estadual do Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Água – Água para Todos – realizada ontem (07/08), na sede do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), o secretário apresentou o plano de trabalho e os integrantes do grupo gestor. O comitê foi instituído pelo Decreto Estadual nº 38.113, de 23 de abril de 2012 e tem, em sua composição, representantes das secretarias de Agricultura, Recursos Hídricos e Energéticos, Saúde, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, IPA, Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e Fetape.
 
Texto: Tatiana Seabra e Roberto Cavalcanti