segunda-feira, 21 de maio de 2012

Espetáculo " O Massacre de Angico - A Morte de Lampião" acontece em Serra Talhada.


Foto: Divulgação

O município de Serra Talhada, no Sertão do Estado, vai ser palco de 25 a 29 de julho, do espetáculo "O Massacre de Angico – A Morte de Lampião", na Estação do Forró”. A peça  tem direção e trilha sonora de José Pimentel, e texto do pesquisador do Cangaço, Anildomá Willians de Souza. A produção é da Fundação Cultural Cabras de Lampião, que teve o projeto aprovado pela Funarte / Ministério da Cultura.
O espetáculo mostrará os últimos momentos de Lampião e Maria Bonita em Angico, Sertão de Sergipe, onde foram massacrados juntamente com nove companheiros, no dia 28 de julho de 1938. Todos foram decapitados, suas cabeças exibidas como troféus em praça pública e por longos anos expostas no museu Nina Rodrigues, em Salvador-BA.

Mas na construção do enredo são mostradas cenas do passado marcante da história do Rei do Cangaço, como suas desavenças com o primeiro inimigo, José Saturnino, e seu encontro com Padre Cícero, para receber a patente de capitão do Exército Patriótico. Uma das cenas retratadas na peça foi a vivida no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, sede presidencial da época, onde o presidente Getúlio Vargas determina o fim do cangaço, além de várias outras cenas ligadas ao imaginário popular, como a cabroeira dançando xaxado, a traição de Pedro de Cândida, até culminar com a morte do casal mais famoso do cangaço, Lampião e  Maria  Bonita,  fazendo o espectador mergulhar na história, com uma arrojada trilha sonora, efeitos de luz e efeitos especiais. "O Massacre de Angico – A Morte de Lampião" – vai reafirmar o estado de Pernambuco como palco dos maiores espetáculos teatrais do Brasil. 

Informações: AC

Nenhum comentário:

Postar um comentário