quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Google venderá música em aplicativos para celular

6bbe3edbb56025ce1c4e01217e9b6415.jpg

A Google anunciou nesta quarta-feira (16) que começará a vender música através de seu sistema operacional Android para celulares e tablets, em competição direta com a loja online iTunes da Apple e com o distribuidor Amazon.

"Estamos felizes em anunciar que já é possível comprar milhões de músicas diretamente na loja do Android (Android Market)", anunciou o diretor de produto do Google, Paul Joyce, em coletiva de imprensa em um estúdio em Hollywood.

A nova loja da companhia com sede em Mountain View, Califórnia, permite comprar e armazenar música online para reproduzi-la em qualquer aparelho que utilize seu software Android, explicou Joyce, que anunciou que até agora foram ativados 200 milhões de aparelhos com esse sistema operacional.

O Google Music "terá disponível um catálogo de 13 milhões de canções de artistas de EMI Records, Universal Music Group e Sony Enterteinment, além de mais de 1.000 selos independentes", completou a companhia em comunicado, que deixa de fora a quarta maior gravadora, a Warner Music Group.

Segundo informou a agência Bloomberg na terça-feira, citando fontes não identificadas do Google, a Warner não quis se unir ao serviço porque considerava o acordo muito amigável com a pirataria.

O serviço permite armazenar até 20.000 canções gratuitamente, comprar por cerca de 1 dólar as canções oferecidas na loja Google Music através dos selos associados e compartilhar músicas gratuitamente através do Google+.

O Google Music entra no mercado para competir diretamente com o dominante iTunes da Apple, a loja Amazon e outros serviços de música online como o Spotify.
Fonte: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário