domingo, 20 de novembro de 2011

Eventos em Arcoverde marcam comemoração ao Dia da Consciência Negra

Fotos: Amannda Oliveira

Qual a cor da cidadania? O Dia Nacional da Consciência Negra celebrado em 20 de novembro no Brasil nos chama a atenção para um assunto que merece reflexão. A inserção dos descendentes afro na sociedade brasileira e o respeito que lhes é devido como cidadãos brasileiros.

Na última sexta-feira (19), aconteceu na Escola Carlos Rios o III Encontro Regional de Educação Afrobrasileira , organizado pela Gerência Regional de Educação –GRE.

Fotos: Amannda Oliveira

No evento que contou com a presença de Elma Dos Santos Rodrigues – gestora regional da GRE, Irailda Leandro, técnica da UDE, Dra. Teresa França da UFPE, Dr. Carlos Eduardo Seabra , Promotor de Justiça, Maria Rosileide da Silva, Presidente do Conselho Tutelar, Dra. Maria Bernadete Azevedo (GT/Racismo MPPE) e  o Capitão Amintas (PMPE).

Durante o evento, estudantes, pais e professores participaram de oficinas, além de palestras e apresentações de capoeira e música como o Quebra Coco Aliança. 



A tarde, a Associação Resgate Histórico e Cultural dos Afrodescendentes em parceria com a Associação Urucungu , realizou a 2.º Marcha Zumbi dos Palmares que saiu do Clube dos Sub-tenentes, percorreu a Avenida Pinto de Campos, a Rua Duarte Pacheco, passando pela Praça da Bandeira até o CECORA.
Caminhando juntos, integrantes de grupos culturais, crianças e adolescentes que participam de programas sociais como o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI, o Cento da Criança e do Adolescente-CCA, grupos de capoeira e o Bloco do Boi Cafuné.




 É impressionante como nos dias atuais , a nossa sociedade continua tão preconceituosa e excludente. Somos todos negros no sangue, cidadania não tem cor, devemos ser respeitados por sermos cidadãos com a nossa história, cidade, raízes familiares e educação.





Como anda o seu conceito de cidadania? Ele tem cor?


Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário