quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Mais um absurdo! Aluno de 10 anos atira em professora e depois se mata em escola de São Caetano do Sul, SP

Um aluno de 10 anos atirou na professora e depois se matou com um tiro na cabeça, na tarde desta quinta-feira, em uma escola em São Caetano do Sul, no ABC paulista. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Caetano, David Mota Nogueira, aluno do 4º ano C da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão, fez o disparo contra a professora por volta das 15h50m, em sala de aula.


A professora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, foi atingida com um tiro nas costas. No momento, cerca de 25 alunos estavam na sala de aula, mas ninguém ficou ferido.
Segundo o capitão Robinson Castropio, porta-voz da Polícia Militar, o menino provavelmente entrou com o revólver calibre 38 escondido na mochila. 

Segundo o policial, o estudante pediu para ir ao banheiro e quando voltou já estava com a arma em punho.
- Ele acertou a professora na região lombar. Em seguida, ele saiu da sala, desceu uma escada e disparou contra a cabeça - explicou o policial.

Tanto o aluno quanto a professora foram levados com vida ao Hospital de Emergência Albert Sabin. David teve duas paradas cardíacas e morreu por volta das 16h50m. A Polícia Militar acionou o helicóptero Águia para socorrer a professora. O garoto foi transportado de ambulância.

- O estado dele já era crítico quando foi socorrido - afirmou o policial.

Em nota, a prefeitura informou que o estado de saúde da professora é estável. Ela não corre risco de morte e foi transferida para o Hospital das Clínicas, em São Paulo. 

A professora levou um tiro na região posterior do lado esquerdo, altura do quadril e sofreu uma fratura na patela direita, segundo a nota.

Ainda não se sabe a motivação do crime. Os pais do menino já estão no hospital. 

O Globo

Comentário da Blogueira

Nós temos visto diariamente uma violência no ambiente escolar crescente e temos debatido aqui mesmo no blog o medo estampado nos comentários dos professores.
A escola brasileira pede socorro, até quando estas coisas continuaram a acontecer?

Um comentário:

  1. estudo nessa escola e já presenciei coisa pior
    eu em novembro no banheiro do fundamental 2 achei mais meu colega uma arma municionada de calibre 38
    (acreditem abafaram esse caso !)

    ResponderExcluir