quarta-feira, 20 de julho de 2011

Noite de um furacão chamado Elba Ramalho

Foto: Eduardo Queiroga

Quem abriu o palco da Guadalajara ontem (19), foi a banda de Garanhuns, Lux Time, que trouxe um repertório que versava forró, com músicas internacionais e sertanejo.Depois veio com Rogerman, da cidade de Olinda com um show marcado de músicas autorais, arranjadas pelo Maestro Ademir Araújo (Formiga) e executadas pela banda do artista e orquestra do maestro.
A terceira atração a subir no palco foi Spok Frevo Orquestra que veio completa pra Guadalajara e fez o público deleirar com clássicos como É de fazer chorar. Foi um show cheio de frevo 
A última atração da noite foi agito de músicas como Frevo Mulher. A cantora mostrou por que é tão amada pelos pernambucanos e encantou os turistas de outros estados e países que se encontravam na praça. Um furucão de alegria que envolveu toda a Guadalajara.
 
Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário