quarta-feira, 25 de maio de 2011

Novo Código Florestal. VITÓRIA DOS DESMATADORES, VERGONHA PARA O BRASIL.



Mais uma vez a Câmara mostrou ao povo brasileiro para quem trabalha afinal. Após semanas de palhaçada entre acusações, discursos inflamados, embates e negociações, os grandes vencedores na votação do novo texto-base do código florestal foram os DESMATADORES.

A emenda 164 aprovada por 273 a 182 votos, consolida a manutenção de atividades agrícolas nas APPS (àreas de preservação permanentel), autorizando os Estados e participarem da regularização ambiental e deixando claro a anistia para quem desmata desde 2008. Praticamente, premia quem desmata áreas de preservação, o que é um retrocesso gigantesco.

Outra emenda redigida pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), aprovada por 410 votos a favor e 63 contra, define a isenção da reserva legal para as propriedades de quatro módulos (20 a 400 hectares, a depender do Estado). 

Agora, prezados leitores. Como se pensa em um código que "teria" o objetivo de preservar rios, florestas, encostas e animais e se aprova um texto vergonhoso como este?
O que vai acontecer com as nossas florestas que vem sendo desmatada diariamente com os assassinos a solta passeando em grandes carros, helicóptero sem que nada lhes aconteça?

O que será do Brasil com tanta impunidade?

O Código Florestal foi criado em 1965 e passou por diversas modificações e há 12 anos é alvo de um novo texto pelo Congresso.

A presidenta Dilma Rouseff já avisou que se o Senado não modificar as duas emendas vai vetar parte do Código, o que seria o mínimo a fazer.

É bom gravarmos na memória falha de nós brasileiros , os nomes dos deputados que votam a favor de absurdos como este , para que não façamos a besteira de colocá-los lá novamente.


Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário