sábado, 11 de setembro de 2010

Síndrome de Alienação Parental faz mal e é crime

A novela Escrito nas Estrelas da Rede Globo de televisão, tem mostrado que o comportamento da personagem Judite vivido por Carolina Kasting,  age de forma  absurda em relação aos filhos ao falar mal do pai, proibir de vê-lo, fazer chantagem emocional e até mesmo, fazê-los sentir-se culpados em relação a separação dos pais. Tudo por um único motivo: atingir ao ex-marido Guilherme vivido por Marcelo Faria.

O que muita gente não sabe é que as Judites existem de fato e que fazem abuso emocional diariamente a mais de 20 milhões de crianças diariamente.

Mais o que é a Síndrome de Alienação Parental?
Trocando em miúdos, a síndrome parental acontece quando um casal se separa e um dos genitores não consegue trabalhar psicologicamente a ruptura da relação, tentando a todo custo atingir ou se vingar do ex-parceiro , usando os filhos.
Algumas das ações mais comuns deste tipo de comportamento são:

1- Exclusão do outro genitor da vida dos filhos, afastando de datas festivas, impedindo comunicação dele com os filhos,
2- Interfere nas visitas, controlando excessivamente os horários ou inventa atividades justamente para os dias de visitas;
3- Denigre a imagem do outro, fazendo comentários maldosos, emite informações falsas sobre o uso de álcool ou drogas e chega até a criticar profissionalmente,
4- Ataca a relação do filho com o genitor, dizendo que ele ou ela não ama mais os filhos, obriga a criança a escolher um lado (ou pai ou mãe), diz até que o outro é perigoso.

Todo este comportamento doentio, gera na criança, depressão crônica, desesepero, transtorno de identidade ou imagem, sentimento de culpa, isolamento, comportamento hostil , sentimento de raíva em relação ao outro genitor, apresenta distúrbius de ansiedade e pânico, utilização de drogas como álcool, problemas de gênero, recusa em visitar o genitor atacado, tendência a cometer suicídio e desorganização.

Bom, desde o dia 26 de agosto, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou uma lei que determina que a Síndrome da Alienação Parental é crime.
Segundo o Projeto Lei, o juíz poderá em ação autônoma ou  incidental, determinar a realização de perícia psicológica. Será realizado um laudo pericial com ampla avaliação e com entrevista de ambas as partes, no caso de pais da criança , e exame de documentos que estejam presentes nos autos.
Se ficar caracterizado atos típicos de alienação parental, ou qualquer conduta que dificulte o convívio da criança com o genitor , o juíz poderá:

1- Declarar a ocorrência de alienação parental, advertir e até multar o alienador;
2- Ampliar o regime de visitas em favor do genitor difamado (alienado);
3- Determinar intervenção psicológica monitorada.
4- Alterar as disposições relativas à guarda da criança;e,
5- Declarar a suspensão e até mesmo , perda do poder familiar.

Outra vitória é que a Alienção Parental deverá constar no novo Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais, o que ajudará muito no combate que ataca o psicológico e emocional das crianças , adolescentes e genitores.

Amannda Oliveira

Um comentário:

  1. Público
    Mahgaroh Prats
    HOJE, FAZEM 08 DIAS QUE OS ALIENADORES NÃO ME PERMITEM TER CONTATO, NENHUM COM A MINHA FILHA...apenas porque manipula a situação, e a justiça leva de 45 à 90 dias para despachar uma petição...ISSO É UM ABSURDO...uma IMORALIDADE, UMA AFRONTA AOS DIREITOS HUMANOS...que pais é esse????
    MAHGAROH - KARIMAH LATEEFAH -: ALIENAÇÃO PARENTAL, é um crime!...mas...O Sociopata mente, manipula,.
    karimahlateefahsap.blogspot.com
    EU, MAHGAROH PRATS CRIEI ESTE ESPAÇO, PARA SER + UM CANAL DE DIVULGAÇÃO E PROTESTOS CONTRA O CRIME QUE É A ALIENAÇÃO PARENTAL AQUI NO BRASIL (E NO MUNDO) AO QUAL EU E A MINHA FILHA KARIMAH LATEEFAH GABRIELLE(08anos), SOMOS VÍTIMAS HA 04 ANOS, SEM QUE JUSTIÇA ALGUMA SEJA FEITA!!!

    ResponderExcluir