quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Eleições 2010! Entrevista com Lúcio Magalhães


Olá leitores do Falando Francamente, dando continuidade a nossa cobertura das eleições, apresentamos agora a entrevista com o candidato a deputado estadual Múcio Magalhães.

Falando Francamente: Múcio, em primeiro lugar gostaríamos de agradecer ao senhor por nos conceder esta entrevista.


MÚCIO MAGALHÃES: O prazer é todo meu, em poder contar com o espaço deste blog de Arcoverde, para falar um pouco sobre a minha luta e as minhas propostas políticas.

Falando Francamente: O senhor saiu de Arcoverde em 1980 para estudar no Recife e buscar melhores oportunidades. Hoje muitos jovens percorrem o mesmo caminho, mas existem aqueles que não dispõem de condições de morar em outra cidade. Qual a sua proposta na área da educação para Arcoverde?

MÚCIO MAGALHÃES: Acho que temos de usar como base, a revolução na educação que Lula fez. Incluindo todo o processo de interiorização das Universidades e Escolas Técnicas, melhoria nas condições de trabalho dos professores e avanço na qualidade no ensino. Deste modo, dando continuidade a este procedimento, veremos o dia em que todos os jovens terão acesso à educação. Mas gostaria de enfatizar, que vou trabalhar junto ao Governo do Estado para ampliar o número de ampliação de escolas técnicas no interior do Pernambuco.

Falando Francamente: Como um veterinário foi parar na política?

MÚCIO MAGALHÃES: Isso fez parte de um processo na minha vida. Comecei minha militância política, ainda estudante de Medicina Veterinária, na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), por meio da Pastoral Universitária. Foi através da Pastoral que comecei a militar no movimento popular. Minha primeira experiência foi ajudar os moradores da comunidade do Sítio dos Pintos (que fica próxima da UFRPE), a organizar uma Associação de Moradores, cuja primeira conquista foi uma linha de ônibus com destino ao centro da cidade. Depois, eu fui eleito Secretário Geral do Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária. O passo seguinte foi participar da conquista do Diretório Central dos Estudantes da Rural, na função de Secretário Geral. Ainda no movimento estudantil, fui eleito Secretário Geral da União dos estudantes de Pernambuco. Paralelamente a militância nos movimentos sociais, compreendi a importância fundamental da militância no PT que construo há 28 anos. Participei do núcleo do PT na Rural, auxiliei na fundação do núcleo na Brasilit e ajudei a fundar o PT em diversas cidades do interior. Sendo eleito dirigente estadual, exerci diversas funções em diferentes mandatos: fui Secretário de Formação Política; Secretário Geral; Secretário de Organização; vice-presidente e presidente do PT no Recife; e por três vezes, fui membro do Diretório Nacional. Como dirigente petista, fui coordenador estadual de várias campanhas de Lula a presidente da República e de João Paulo a prefeito do Recife. Daí em diante, eu não tive como retroceder. Apesar de ter concluído o curso de Medicina Veterinária, minha história de lutas políticas me impulsionou para me dedicar integralmente à realização do sonho de uma sociedade mais justa e democrática.

Falando Francamente: Você é militante do PT desde 1983 e participou de momentos históricos do partido. É possível afirmar que existe um PT antes e depois da eleição de Lula para presidente?

MÚCIO MAGALHÃES: Não podemos negar que com a chegada de Lula a presidência, o PT pode com suas experiências políticas vividas em governos municipais e estaduais, ampliar a ação do governo para a sociedade em vários aspectos como educação e saúde, melhorando a qualidade de vida das pessoas, sem falar nas condições econômicas do país como um todo que avançou consideravelmente. É verdade que para setores do PT, estes avanços são o fim em si mesmo. Sou dos petistas que consideram estas conquistas como passos de uma longa caminhada.

Falando Francamente: Quais as propostas do candidato Múcio Magalhães para o Sertão e para a Região Metropolitana, uma vez que o senhor é sertanejo, mas tem suas bases políticas no Recife?

MÚCIO MAGALHÃES: Sou conhecedor das profundas carências das várias regiões de Pernambuco. Entre elas, a formação técnico profissionalizante para nossa juventude; a erradicação do analfabetismo entre jovens e adultos; apoio a expansão do ensino universitário; programas geradores de emprego e renda; apoio ao pequeno agricultor, entre outros. Minha decisão é dedicar meu mandato a luta junto aos poderes constituídos nos níveis estaduais e federais, apoiando a atração de investimentos nestas áreas para Arcoverde e região.

Falando Francamente: Como o senhor descreve o cenário político de Arcoverde nos dias atuais?

MÚCIO MAGALHÃES: Observo um ambiente positivo devido aos investimentos federais e estaduais em diversas áreas, trazendo de volta o crescimento. Isto vai cada vez mais, dinamizar o processo político local, abrindo espaço para uma disputa qualificada dos rumos da cidade.

Falando Francamente: Você foi eleito vereador da cidade do Recife com 9.990 votos, sendo o mais votado entre os vereadores eleitos do PT na cidade. Fale-nos um pouco sobre a sua experiência na Câmara.

MÚCIO MAGALHÃES: Constatei a importância do Poder Legislativo Municipal no apoio a lutas populares, mediação de conflitos, na formulação de leis que aperfeiçoem a vida em um regime democrático. Pensando assim, atuei para resgatar o prestígio deste poder abalado pelas crises anteriormente instaladas no seu interior. Considero que obtive êxito na tarefa que assumi como presidente.

Falando Francamente: E a parceria João Paulo e Múcio Magalhães? Como surgiu?

MÚCIO MAGALHÃES: Esta parceria surgiu através de muitas lutas conjuntas. Em 1986 o apoiei na sua primeira candidatura a deputado estadual. Em 1991, fui convidado para trabalhar como seu assessor, quando João Paulo assumiu o cargo de Deputado Estadual e passei a atuar no gabinete até sua saída da Assembléia Legislativa, em 2000, para assumir a Prefeitura do Recife. Em 1999 fui o Coordenador Geral da Campanha que elegeu João Paulo Prefeito de Recife em 2000. Na campanha da reeleição em 2004, também fiz parte da Coordenação Geral. Nas duas gestões do Prefeito João Paulo, estive à frente da Secretaria de Governo, sendo encarregado da articulação política com partidos aliados, movimentos sociais e com o Poder Legislativo.

Falando Francamente: Vamos fazer um ping pong, eu digo três palavras e o senhor diz o que vier a mente.

ARCOVERDE
MÚCIO MAGALHÃES: A minha cidade-mãe. A cidade mais amada, mais querida.

RECIFE
MÚCIO MAGALHÃES: O lugar em que aprendi a lutar por uma sociedade mais justa e igualitária.

PT
MÚCIO MAGALHÃES: O partido das lutas operárias, que proporcionou o surgimento do fenômeno Luís Inácio Lula da Silva.

Falando Francamente: Existe algum assunto que o senhor gostaria que tivesse sido abordado e que este blog não o fez?

MÚCIO MAGALHÃES: Não. Estou contemplado com a boa qualidade das perguntas.

Falando Francamente: Qual a mensagem que o senhor quer deixar aos eleitores pernambucanos?

MÚCIO MAGALHÃES: Sou candidato a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores, número 13133. Conto com uma trajetória de 28 anos de luta por uma sociedade mais justa e democrática. Agora, eu reafirmo meu compromisso de continuar a defender uma vida melhor para todas as pessoas. A tarefa que assumi nestas eleições de 2010 é tão grandiosa, quanto difícil. Minha proposta é conquistar esta vitória em prol do fortalecimento da luta popular, que terá na Assembléia Legislativa um militante, como eu, que consagrei minha vida à construção de uma sociedade mais igualitária.

Falando Francamente: Encerramos a nossa entrevista agradecendo mais uma vez a sua disponibilidade e desejamos boa sorte nas eleições.

MÚCIO MAGALHÃES: Eu quero mais uma vez, agradecer a oportunidade e o espaço, que o Blog Falando Francamente me proporcionou. Um grande abraço para todos e todas.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário