domingo, 11 de julho de 2010

Espanha é a nova campeã do mundo.


A voz do povo é a voz de Deus. Peraí, não seria a voz do polvo?


           
O mundo inteiro voltou os seus olhos para Joanesburgo para assistir a final da Copa do mundo de 2010 na África. E por incrível que pareça, parece que o grande advinhador a respeito do resultado final , não foi nenhum vidente, médium ou comentarista de futebol, mas um polvo chamado Paul.

Em um jogo marcado pela violência, cartões amarelos e um vermelho, Holanda e Espanha disputaram  o título de campeão do mundo. Mas, como disse Paul na sexta-feira (09), a Espanha levou a melhor no segundo tempo da prorrogação com um gol de  Iniesta que recebeu de Fábrega  na direita e bateu cruzado para fazer o gol do título; o primeiro da Espanha.
Foi um final  digno de emoção a todos os que assistiam. É impressionante como o futebol , aliás, como certos esportes tem o dom de nos emocionar.
Por falar em emoção, o comentarista Galvão Bueno não segurou a emoção por ter narrado a sua última copa fora de casa. Diga o que quiserem as más línguas, mas jogo do Brasil sem a narração do Galvão não é a mesma coisa. Nelson Mandela também se fez presente na final.


Parabéns  a África do Sul pela superação,  pela união e pelo show dado por sua população durante a Copa.  Depois a África se despediu da copa convocando o mundo para a copa de 2014 no Brasil: "VEJO VOCÊ NO BRASIL".


Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário