quarta-feira, 18 de março de 2009

Descriminação não tem graça.


É terrível perceber como o nosso país é retrogrado em relação há alguns assuntos. Hoje assisti a uma reportagem em um Jornal que falava da dificuldade dos pais de crianças com Síndrome de Down em conseguir uma vaga nas escolas regulares. Que segundo a lei não são obrigadas a receber estas crianças. Descriminação? Falta de interesse? Tudo isso ao meu ver. Segundo a lei número 7.853, a recusa das escolas em matricular alunos especiais, sem justa causa, é crime. 


A definição de o que é ou não justa causa cabe à Justiça, que decide se a matrícula deverá ou não ser aceita. A grande desculpa das escolas é o despreparo da instituição para acolher as crianças. Então toda vez que uma escola recusar uma criança com Down ou até mesmo com deficiência mental esta DESCULPA deve ser aceita e pronto? Será que a nossa descriminação por pessoas com limitações vai impedir que as mesmas tenham um futuro digno? 


As crianças com down aprendem mesmo que mais lentamente e podem ter uma vida no futuro independente se CONSEGUIREM PASSAR PELO PRECONCEITO SEM GRAÇA que enfrentam dia a dia. Se os pais que possuem dinheiro enfrentam isso imagine os que não dispõe de condições financeiras. Vamos nos policiar contra a DESCRIMINAÇÃO e nos fazer sempre a pergunta básica: E se fosse comigo? 


Falando Honestamente sempre, Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário