segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Barack Hussein Obama II - O 44.° Presidente Americano


20 de janeiro de 2009 é uma data que com certeza marcará não só a história Americana, bem como a mundial. Acreditamos que o mundo possa estar presenciando o início do que chamaríamos de uma nova era. Barack Hussein Obama II, nascido em Honolulu, a 04 de agosto de 1961, tomou posse como o 44.° e atual presidente americano. Por que uma posse tem tanto peso? Observando a sua trajetória vai ficar mais fácil entender por que. Obama atuou como líder comunitário e como advogado na defesa de direitos humanos civis até que em 1996, foi eleito ao Senado de Illinois, mandato para o qual foi reeleito em 2000. Entre 2005 e 2007, ajudou a criar leis para controlar o uso de armas de fogo e para promover maior controle público sobre o uso de recursos federais. A campanha do presidente americano é marcante por vários fatores. Ele é o primeiro negro a chegar a presidência do país, e também o primeiro candidato a dispensar o financiamento público da campanha, optando apensa pelas contribuições de seus apoiadores. Usando a internet como grande veículo de comunicação além da Tv arrecadou mais de US$ 600 milhões de dólares até setembro de 2008. Com frases do tipo: Sim, nós podemos. Defendeu o diálogo em vez de ações militares e mudança nos rumos do país. Obama foi visto com esperança por negros, brancos, asiáticos, pobres e ricos na busca de uma saída da crise econômica mundial uma vez que se mostrou a disposição de promover ativamente a recuperação da economia e beneficiar os que nada ganham no mercado financeiro ou com o neoliberalismo lutando para construir uma América mais igualitária e justa. E o seu discurso ouvido por milhares de americanos foi tão forte que espalhou pela América o que chamaríamos de uma onda de esperança que não era vista desde JKF; boa prova disto esta na votação expressiva em um candidato. Esta esperança se espalhou de certa forma pelo mundo que vê a possibilidade de grandes mudanças no novo líder mais forte do mundo. É importante olhar para esta nova era com bons olhos e torcer sem alienação por dias melhores para a América e para o mundo.

Abaixo o discurso da posse de Obama:
Olá América!Eu queria agradecer à todos os oradores e todos os que se apresentaram aqui hoje, nos lembrando através de música o que é que nós amamos na América. Queria agradecer à todos por terem enfrentado o frio, e as vezes viajando milhares de milhas para chegarem até aqui. Bem vindos a Washington. E bem vindos a essa celebração da renovação americana!No curso da nossa história apenas algumas gerações tiveram que enfrentar desafios tão sérios quanto os que enfrentamos agora. A nossa nação está em guerra. A economia está em crise. Milhões de americanos estão perdendo seus lares e seus empregos, se preocupando em como vão pagar a conta da faculdade e como vão trazer comida para a mesa. Principalmente estão incertos sobre o futuro.Eu não vou fingir que enfrentar esses desafios não será difícil, não faremos isso em um mês e talvez nem em um ano... talvez vários, e haverá problemas sérios, e isso vai ser um teste à nossa determinação de trabalharmos enquanto uma nação. Mas apesar de tudo isso, apesar da enormidade da tarefa que está a nossa frente, eu estou aqui hoje com tanta esperança quanto sempre, que os Estados Unidos da América enfrentarão e que vão prevalecer, o sonho de nossos fundadores prevalecerá.O que me dá esperança é o que eu vejo quando olho daqui e vejo esses monumentos com essas histórias improváveis que afirmam a nossa fé duradoura. A fé de que qualquer coisa é possível na América.À nossa frente temos um memorial de um homem que liderou um bando de fazendeiros e comerciantes contra um exército de um império. Tudo por uma idéia.Abaixo temos um tributo à toda uma geração que enfrentou a guerra e a depressão. Homens e mulheres como meus avós que lutaram em linhas de montagem e que marcharam na Europa para lutar contra a tirania.A nossa frente temos uma piscina que reflete o sonho de um rei, a glória de um povo que marchou e sangrou para que seus filhos pudessem usufruir de um país melhor. E atrás de mim, presidindo sobre a união que ele salvou, o homem que de certa forma possibilitou esse dia. E estou aqui, e o que me dá a maior esperança de todas, não é toda essa pedra e mármore que nos circunda, mas o que preenche os espaços entre eles: são vocês, americanos de toda a raça, todas as regiões, que vieram aqui porque acreditam no que esse país pode ser e querem nos ajudar a consegui-lo.Foi a mesma coisa que me deu esperança desde o início para a campanha para presidente há quase dois anos atrás, e se pudermos nos reconhecermos uns nos outros, trazendo todos juntos, democratas, republicanos, independentes, latinos, asiáticos e nativos americanos, negros, brancos, gays e heterossexuais; então não apenas vamos restaurar oportunidade e esperança, mas talvez, talvez, consigamos aprimorar a nossa união nesse processo.É nisso que eu acreditei, mas essa crença se tornou possível por todos vocês, que provaram que as pessoas que amam esse país podem mudá-lo.E a medida que me preparo para assumir a presidência, as suas são as vozes que trarei comigo todo dia quando entrar no escritório da Casa Branca, as vozes de homens e mulheres que têm histórias diferentes e que têm diferentes e comuns esperanças. O que nos foi prometido como americanos, que poderíamos fazer o que quiséssemos de nossas vidas e ver nossos filhos ascendendo mais do que nós mesmos.É esse fio que nos une num esforço comum e que atravessa todo o memorial nessa região e que mostra o sacrifício de todos que nos precederam. É assim que essa nação superou as maiores diferenças, porque não há obstáculo que possa impedir milhões de vozes que clamam por mudança.Essa é a crença com a qual nós começamos essa campanha e é assim que nós vamos superar os nossos problemas.Não há dúvida de que a estrada será longa, que a escalada será íngrime, mas não vamos esquecer que o caráter real da nossa nação se revela não em momentos de facilidade e conforto, mas pelo que fazemos de direito e correto num momento como esse.Eu peço a todos que nos ajudem a revelar esse caráter mais uma vez e conjuntamente poderemos avançar como uma nação e um povo. O legado de nossos fundadores que celebramos hoje.Muito obrigado América, que Deus os abençoe.
As Primaaaaaaaaaaassssssss

Nenhum comentário:

Postar um comentário