João Campos foi o prefeito mais bem avaliado do Brasil segundo pesquisa realizada pelo Atlas Intel. Ele atingiu uma aprovação de 81% e uma desaprovação de apenas 18%, segundo os dados do levantamento divulgados nesta segunda, 02 de janeiro. A força de Campos é tanta que hoje ele já é comparado aos prefeitos mais bem avaliados das últimas décadas e se sai melhor nos números. Em 1996, Jarbas Vasconcelos detinha 65% de aprovação no Recife. Enquanto isso, João Paulo aparecia com 61% de avaliação positiva em 2008, último ano de sua administração.

Foi a primeira vez que a AtlasIntel realizou um ranqueamento de aprovação dos prefeitos de capitais de estados brasileiros. Foram coletados 14.295 questionários em todo o território nacional, entre 18 e 31 de dezembro.

Depois de João Campos, aparece no ranking como mais bem avaliados os prefeitos: Arthur Henrique (Boa Vista), David Almeida (Manaus) e Antônio Furlan (Macapá). Os chefes de executivo municipal com os maiores índices de rejeição são Edmilson Rodrigues (Belém), João Pessoa Leal (Teresina) e Adriane Lopes (Campo Grande)

Levando -se em consideração somente o Nordeste a situação é a seguinte

Ranking Nordeste

1º João Campos, prefeito do Recife (81% de aprovação - 18% de desaprovação);

2º Álvaro Dias, prefeito de Natal (74% de aprovação - 15% de desaprovação);

3º Bruno Reis, prefeito de Salvador (59% de aprovação - 29% de desaprovação);

4º JHC, prefeito de Maceió (58% de aprovação - 29% de desaprovação);

5º Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracaju (53% de aprovação - 32% de desaprovação);

6º Cícero Lucena, prefeito de João Pessoa (52% de aprovação - 39% de desaprovação);

7º Eduardo Braide, prefeito de São Luís (52% de aprovação - 40% de desaprovação);

8º Sarto, prefeito de Fortaleza (25% de aprovação - 45% de desaprovação);

9º João Pessoa Leal, prefeito de Teresina (9% de aprovação - 85% de desaprovação.

Amannda Oliveira