Foto: Divulgação

O filho de Serra Talhada, José Luís de Lima, o Luizinho de Serra, receberá nesta sexta-feira, 08 de abril, junto com o sanfoneiro, Dudu do Acordeon, a Medalha de Honra ao Mérito José Mariano, pelos relevantes serviços prestados em nome do segmento cultural da cidade. A aprovação do projeto demonstra o reconhecimento mais do que justo por toda a luta que ele vem travando em luta da cultura e do forró. 

Tal honraria foi proposta pelo vereador Aderaldo Pinto, e aprovada por unanimidade. Sem dúvida, Luizinho de Serra, se fez merecedor por todo o trabalho que vem realizando de disseminar a cultura, os traços e misturas musicais através de suas canções ao longo de sua carreira artística. Tudo começou muito cedo na vida desse artista incrível. Aos cinco anos de idade, de acordo com a sua mãe dona Luza, já demonstrava profundo interesse pela sanfona. Aprendeu os primeiros acordes com o seu pai Zé Caiçara que também é sanfoneiro. Aos 13 anos tornou-se um músico profissional e, ainda muito jovem chegou a tocar e gravar diversos CDs de vários artistas pelos sertões do Nordeste. Aos 21 anos, realizou sua primeira produção musical, tocando e produzindo o DVD do poeta e cantor Bira Marcolino, gravado na Sala de Reboco, em Recife. Pouco tempo depois, mais um trabalho importante surgiu. Dessa vez, sua sanfona encantou o DVD Girassol de Desejos, da cantora mineira Irah Caldeira, com quem, trabalhou durante 4 anos e que tornou-se sua madrinha musical. 

Luizinho de Serra chegou para morar na cidade do Recife em 2009, no bairro da Encruzilhada, onde residiu por seis anos, até conhecer sua esposa, Gabriela, com quem tem um um filhinho de 5 anos, chamado Ivan Luiz, que por sinal, já está seguindo os passos do pai. Hoje, moram no Engenho do Meio, bairro em que sua esposa cresceu e que, o recebeu de “braços abertos”. Aliás, não poderia ser diferente. Com seu jeito único de ser, por onde passa, conquista logo a simpatia das pessoas. E fazer novas amizades, nunca foi tarefa difícil pra ele. 

O talento do “matutim” ultrapassou as fronteiras nacionais. Sua sanfona fez Berlim na Alemanha, dançar muito forró, xote e baião, no Festival Psiu de Forró, o qual foi convidado para participar. Não demorou muito e outro convite surgiu. Foi a vez do Festival Vamo que Vamo Forró Lille, situado na França, receber no seu evento, um dos sanfoneiros mais promissores da nova geração. A capital da Bélgica também teve esse privilégio. O forró pegou “fogo” ao som da sanfona de Luizinho, que colocou todo mundo pra arrastar a chinela, em Bruxelas. 

Em 2016, lançou o videoclipe da música que foi o “ponta pé” inicial para sua carreira solo, chamada Mar de Afetos. A ZRG Produções fez toda a direção. 

Em 2018, foi a vez do videoclipe “Eu, Você e a Sanfona”, em conjunto com a ZRG Produções e a Globo Nordeste, que foi um grande sucesso no São João do Nordeste. No mesmo ano, mostrou toda sua musicalidade, no Sítio da Trindade, onde seu show ficou eternizado em sua memória e na de todos que ali estavam. 

Em 2019, lançou “ Coração Curado”, mais uma vez, gravado pela ZRG Produções em parceria com a Globo Nordeste e a Prime Brasil Promoções.

De lá pra cá, Luizinho de Serra, vem deixando cada vez mais, seu nome marcado, no cenário musical. 

Durante toda sua trajetória, vários trabalhos foram desenvolvidos, inclusive com artistas de renome, como: Dominguinhos, Nádia Maia, Nena Queiroga, Santanna “ o cantador”, Rogério Rangel, Almir Rouche, Liv Moraes, Elba Ramalho, Petrúcio Amorim, Nando Cordel, Padre Damião Silva, entre tantos outros. 

Esse é o grande homenageado, Luizinho de Serra, que sempre faz questão de divulgar a força da cultura nordestina e também a mistura de ritmos de nossa cidade. Sempre marcando presença em diversos eventos e shows por esse mundão afora.

Informações: Assesoria