Imagem: Divulgação

Obras talhadas em madeira por um dos principais mestres do Artesanato pernambucano compõem a exposição “O Homem Cata-vento” que o CPC Sesc (Centro de Produção Cultural, Tecnologias e Negócios de Garanhuns) promove a partir desta quinta-feira (10/03), em Garanhuns. O trabalho desenvolvido pelo Mestre Fida pode ser visto na Galeria de Artes Ronaldo White, que fica na Rua Manoel Clemente, 136, no Centro da cidade, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 18h. A entrada é gratuita.


A matéria-prima é a madeira amarelo, típica na região de Garanhuns. Entre as peças expostas está o “homem cata-vento”, personagem que o garanhuense Valfrido de Oliveira Cezar, o “Mestre Fida”, criou inspirado em suas memórias afetivas, dos tempos de criança. Ele se recorda de um boneco que girava com a intervenção do vento que o pai dele ganhou de um compadre chamado Ciço de Rosinha. 

O artesão utiliza facões, formões e lixas para dar formas também a ex-votos, totens e barcos. Com criatividade e concentração, Fida molda as peças e revela o padrão gráfico único de seus corpos-troncos, a sua marca registrada, porém com uma diversidade estética gravada na expressão facial das peças. A exposição lança olhar para o tempo e o espaço a partir das produções do mestre que se dedica ao artesanato há mais de 20 anos.

“O Homem Cata-vento” fica em cartaz até 1º de julho. “A ideia é fazer com que o público perceba a trajetória do artista e sua contribuição para o cenário artístico de Pernambuco. A partir de suas criações, propomos a atenção do público para a ligação mística e milenar entre homem e natureza e instigamos a reflexão sobre a manutenção da arte popular e a valorização da nossa identidade cultural”, explica Rafael Vinícius, professor de Artes do Sesc e curador da exposição.

Claudio Rodrigues