quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Kaio Maniçoba vem a Arcoverde nesta quinta-feira falar sobre projetos do IPA

Na perspectiva de identificar atividades com potencial de gerar receitas próprias, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) incluiu sete oportunidades em seu plano de negócios que deverá guiar o planejamento do instituto até 2024. 

De acordo com o presidente do IPA, Kaio Maniçoba, o objetivo é que as atividades contribuam para o fortalecimento da instituição, especialmente na captação de novos recursos, que deverá ser realizada a partir da oferta de bens e serviços para o agronegócio pernambucano. Sobre o tema, Kaio concede entrevista numa rádio local às 11h30 e na TV Arcoverde, às 20h.

Entre as oportunidades identificadas está o melhoramento genético do rebanho bovino, que deverá ser realizado por meio do laboratório de reprodução animal de Arcoverde. O objetivo é disponibilizar os serviços de produção de embriões in vitro para os criadores, possibilitando o aumento da oferta de animais de alto potencial genético para rebanhos do estado.

Para essa atividade, o IPA deverá disponibilizar anualmente 50 animais melhorados geneticamente, entre matrizes e reprodutores para comercialização. Também será realizado o serviço de aspiração de 500 vacas para trabalhos de melhoramento e a disponibilização de 288 mil litros de leite in natura para laticínios da região. Com isso, a receita anual bruta esperada é de R$ 1,4 milhão.

Outro destaque que deverá ser detalhado pelo presidente do IPA, kaio Maniçoba nesta quinta-feira (13), às 11h30 na Rádio Independente FM, no Programa Revista da Cidade, e às 20h à TV Arcoverde, durante entrevista ao apresentador Juliano Cesar, é a prestação de serviços tecnológicos de infraestrutura hídrica, com enfoque prioritário à perfuração e instalação de poços em rocha cristalina e demais serviços complementares que será promovido pelo IPA. 

Fonte: A Folha das Cidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário