(Foto: Reprodução / Instagram)

Morreu nesta quinta-feira (20), aos 91 anos, a cantora Elza Soares, no Rio de Janeiro. A notícia foi dada nas redes sociais da artista através do seguinte de um comunicado "É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais".

Elza foi eleita a Voz do Milênio e teve uma vida apoteótica e intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e com a sua determinação.

Elza Gomes da Conceição é considerada uma das maiores cantoras da música brasileira, com carreira no samba que começou no final dos anos 50. O início veio como parte da cena do sambalanço com "Se Acaso Você Chegasse", em 1959.

Nos 34 discos lançados, ela se aproximou do samba, do jazz, da música eletrônica, do hip hop, do funk e diz que a mistura é proposital. O último disco lançado foi "Planeta Fome" em 2019.

A cantora era um monstro em cima do palco. Quem teve a oportunidade de assistir a um dos seus shows se sentia hipnotizado pela voz e pela potência daquela mulher em tudo que fazia.

A cantora será velada no Theatro Municipal do Rio, no Centro da Cidade, na sexta-feira (21). A cerimônia será fechada para familiares e amigos, das 8h às 10h, e aberta ao público das 10h às 14h.

Em seguida, um carro do Corpo de Bombeiros fará o translado pela Av Atlântica – onde ela morou por muitos anos – até o cemitério Jardim da Saudade Sulacap, onde haverá velório na Capela VIP às 15h (restrito aos familiares e amigos) e sepultamento, às 16h, no setor do Cristo Redentor, em homenagem à cantora.


Amannda Oliveira