segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

Prêmio Palhaço Cascudo de Incentivo às Artes Circense inscreve até fevereiro

Foto: Amannda Oliveira


Estão abertas as inscrições para o Prêmio Cascudo de Incentivo às Artes Circenses 2020/2021, promovido pela Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE). A premiação tem o objetivo de reconhecer, valorizar e incentivar as práticas artísticas de criação e fruição, de transmissão de saberes e fazeres, de sustentabilidade e demais conhecimentos, bem como iniciativas de preservação da memória dos artistas e das expressões circenses em todas as suas formas e modos próprios, na linguagem do circo. O edital pode ser acessado no Portal Cultura.PE (www.cultura.pe.gov.br/editais) e no Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br).

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 11 de fevereiro de 2022, exclusivamente por meio da plataforma Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br/projeto/889), onde o proponente também deverá ter seu cadastro atualizado para realizar a inscrição.

“O circo é um patrimônio afetivo da cultura do nosso povo e esse prêmio é uma celebração ao artista circense e ao seu processo contínuo de criação, saberes e fazeres. O Prêmio Palhaço Cascudo vem fortalecer ainda mais a política de valorização das artes pelo Governo de Pernambuco, que já oferta recursos para outros prêmios artísticos, na área da literatura, da cultura popular, da dramaturgia, do patrimônio cultural, fotografia e do teatro”, comenta o secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto.

Poderão se inscrever no edital os circenses pernambucanos natos ou residentes (desde que comprovem circulação de atividade profissional no Estado, há, pelo menos, doze meses), bem como circenses naturais de outras unidades da federação, desde que comprovem atividade permanente em Pernambuco, também pelo mesmo período de tempo.

Serão distribuídos até trinta prêmios, com valor total de R$ 150 mil reais. A divisão se dará em três faixas de premiação. Na Faixa 1, serão dez prêmios de R$ 5 mil (totalizando R$ 50 mil) destinados aos circenses com trabalhos artísticos na área da criação e difusão na linguagem do Circo; na Faixa 2, dez prêmios de R$ 5 mil (totalizado R$ 50 mil) destinados aos circenses com trabalhos de formação, pesquisa, mapeamento, ação educativa, repasse do saber e do fazer, na linguagem do Circo. Já na Faixa 3, serão dez prêmios também de R$ 5 mil (totalizando R$ 50 mil), destinados aos profissionais da área técnica circense tais como: capatazia, barreira, montagem da lona/equipamentos, criação e execução de figurino, maquiagem, iluminação, sonoplastia, segurança dos aparelhos/estrutura física.

Em caso de dúvidas ou informações, os interessados podem entrar em contato por meio do Atendimento via WhatsApp (81) 3184.3018 ou pelo e-mail assessoriadeartescircenses@secult.pe.gov.br.

Informações: Fundarpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário