quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Mestre Santino Cirandeiro é homenageado em canção pelo cantor Valfrido Santiago

O mais antigo cirandeiro em atividade em Pernambuco foi celebrado com música e videoclipe disponibilizados na Internet, às vésperas do anúncio da Ciranda do Nordeste como Patrimônio Imaterial do Brasil



Na última terça-feira (31/08), o Iphan anunciou a Ciranda do Nordeste como Patrimônio Imaterial do Brasil. O mais antigo representante do ritmo em Pernambuco é o Mestre Santino Cirandeiro, de Nazaré da Mata. Com 80 anos de vida e dois discos gravados, a figura foi homenageada pelos cantores Valfrido Santiago e João Paulo Rosa no single "Santo Velho", lançado no último 27 de agosto.


"Eu canto desde os 15 anos, e, em novembro próximo, estou completando 81 anos", conta Santino em testemunho ao videoclipe documental da canção, dirigido pelo ator e jornalista Milton Raulino, e que está disponível no YouTube. O clipe mostra imagens de Valfrido e João Paulo em visita à casa do Mestre, além de cenas do cotidiano bucólico e canavieiro da Zona da Mata Norte.


O título da música, "Santo Velho", faz referência a um apelido pelo qual o Mestre chama a si próprio. A canção foi composta por Valfrido Santiago em parceria com João Paulo Rosa, artistas de Goiana e Nazaré da Mata, respectivamente. Eles dividem os vocais da canção em um movimento de honrar suas raízes e a cultura popular da Zona da Mata Norte de Pernambuco.


"A Zona da Mata está toda interligada. Não existe isso de ser de uma cidade ou outra - somos todos uma coisa só. A figura de Santino, para nós, representa um legado de sabedoria, o aprendizado que obtemos ao conversar e compreender a experiência dos mais velhos. Isso mostra como artistas urbanos e contemporâneos podem aprender com a tradição", comenta Valfrido. Em som e imagem, clipe e música convidam a conhecer o imaginário poético da região.


MAIS SINGLES POR VIR - "Santo Velho" é o primeiro de uma trilogia musical que Valfrido lançará até o final de 2021. O projeto celebra parcerias e linguagens artísticas integradas. Além de música e audiovisual, “Santo Velho” faz ainda uma ponte com as artes plásticas. A capa do single foi produzida especialmente para a canção pelo artista Adeilso Nascimento, de Tracunhaém. Cada single ganhará uma capa especial feita por artistas da Zona da Mata.


“É um projeto que exalta as conexões musicais, com antigos e novos parceiros. E chega também num processo de valorizar as capas dos singles, algo que era muito atrativo na época dos LPs e CDs, apresentando o trabalho de alguns artistas da região nas capas”, comenta Valfrido. As demais canções da trilogia, ainda em produção, estão previstas para outubro e dezembro. 


SERVIÇO:

“Santo Velho”, novo single de Valfrido Santiago

Disponível em todas as plataformas de streaming e no YouTube


FICHA TÉCNICA:

Composição e voz: Valfrido Santiago e João Paulo Rosa

Viola de 10 cordas e baixo: Valfrido Santiago (gravado no estúdio CAOSNAVIAL)

Percussões: Carlos Tampa (Gravado pela Apoema Produções)

Técnico de som: Guilherme Carvalho

Mixagem e masterização: Alisson Santos (Batuki Studio)

Design da capa: Adeilso Nascimento

Filmagem e edição de videoclipe: Milton Raulino




Informações: Milton Raulino

Nenhum comentário:

Postar um comentário