quarta-feira, 3 de março de 2021

Alceu Valença grava três álbuns durante a pandemia

                                                Foto: Leo Aversa

Em quarentena por quase um ano, Alceu Valença aproveitou o momento introspectivo para tocar violão em casa como nunca tinha feito antes. A partir disso (e de algumas lives intimistas realizadas no período), elaborou um repertório com cerca de trinta músicas, entre sucessos, tesouros escondidos e músicas inéditas. Com as canções selecionadas e cumprindo todos os protocolos de proteção, entrou no Estúdio Tambor (Rio de Janeiro), com o produtor Rafael Ramos, para registrá-las.

O resultado são três álbuns - com um quarto a caminho -, em que o cantor de 74 anos ressurge em sua essência: voz, violão e composições. O primeiro deles, “Sem Pensar no Amanhã”,  será lançado em todas as plataformas digitais no dia 12 de março, pela gravadora Deck.

Além de dar título ao álbum, “Sem Pensar no Amanhã” é um samba inédito da nova safra de composições de Alceu. Neste primeiro lançamento, o artista também recria temas como “La Belle de Jour”, “Táxi Lunar”, “Ciranda da Rosa Vermelha”, “Estação da Luz” e “Marim dos Caetés”, entre outras.

Batucada Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário