domingo, 24 de janeiro de 2021

Garanhuns perde Rogério Cardoso

Garanhuns amanheceu de luto. Morreu ontem à noite, de um infarto agudo do miocárdio, o jornalista Rogério Cardoso, 58 anos, diretor do jornal impresso A Gazeta.

A Gazeta circulou décadas na cidade, sobrevivendo até mesmo à internet, que acabou com a maioria dos impressos.

Rogério era uma pessoa presente em Garanhuns, como diretor do jornal, cobriu campanhas políticas, notícias cotidianas, contou histórias sobre a cidade e cobriu eventos como a garanheta, festival de música e Festival de Inverno.

O corpo foi sepultado na tarde deste domingo.

O Prefeito de Garanhuns, Sivaldo Albino lamentou a morte do comunicador "Recebemos a notícia da morte do jornalista Rogério Cardoso com profunda tristeza. Pessoa humilde, de muitas amizades e trabalho incessante pela comunicação de Garanhuns nas últimas três décadas.

Filho do ex-deputado José Cardoso e D. Edna, Rogério deixa a imprensa e a sociedade de nosso município em luto. Nas páginas do jornal GAZETA DE GARANHUNS, fruto de seu labor, nossa história foi sendo contada com dedicação e imparcialidade.

Ainda esta semana conversei com Rogério e sua esposa Fátima, a quem registro nossos pêsames.

À toda família enlutada, nossos sentimentos pela perda do ente querido."

Os nossos sentimentos a família. 

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário