segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Caixa Econômica abre Programa de Demissão Voluntária para mais de 7 mil funcionários

Se você acha que as filhas na Caixa Econômica são um horror, temos uma notícia pra te dar: Eles devem piorar e muito.

A Caixa Econômica Federal abriu nesta segunda-feira (9) um novo programa de demissão voluntária (PDV) para 7,2 mil empregados, segundo a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae).

O período para adesão ao programa vai até 20 de novembro. Quem aderir será desligado ainda neste ano e terá direito ao equivalente a 9,5 salários.

Segundo o presidente da Fenae, Sérgio Takemoto, a medida tende a prejudicar o atendimento do banco, que é o principal veículo do governo federal para pagamento do auxílio emergencial e de outros benefícios sociais.

"A falta de trabalhadores agrava não só a jornada diária dos bancários como também pode comprometer a qualidade da assistência à sociedade", afirmou.

A Caixa, que chegou a ter 101 mil empregados em 2014, conta atualmente com cerca de 84 mil funcionários.

Quem é cliente do banco tem percebido a diminuição de funcionários ao longo dos anos, o aumento do tempo de espera no atendimento e claro, uma queda na qualidade do atendimento. Em cidades que costumam ser polo e receber pessoas de várias cidades circunvizinhas se percebe a dificuldade da instituição de dar conta do número de clientes a atender, imagine tirar do atendimento mais de sete mil funcionários.

Informações: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário