quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Cantoria Crua une poesia e ancestralidade no Agreste de Pernambuco


Criado a partir da união entre três cantadores do Agreste de Pernambuco, o Crua é uma experiência musical imersiva, onde os artistas compartilham suas cantigas e seus seres poéticos. Formada por Adalberto (Garanhuns), Euzé (Garanhuns) e Neto Sales (Surubim), a tríade preparou um repertório, a partir de composições próprias e parcerias (entre eles e com outros artistas), além de canções que são importantes referências para a ancestralidade dos poetas, como Anaíra Mahin, Zeto do Pajeú, Anchieta Dali e Bia Marinho.

Para dar início ao projeto, foi idealizada uma produção audiovisual, com vídeos de canções próprias, que servirá como uma vitrine do Crua, para que o espetáculo possa chegar aos palcos mais acolhedores, a princípio, virtuais. A produção será realizada na Pousada Casarão do Jabre, localizada em Maturéia, no Sertão da Paraíba, um espaço rural que retrata um pouco do universo visitado pelos cantadores em suas obras.

Para que possa ser executado plenamente, o Crua conta com diversos parceiros, e também segue com uma campanha de financiamento coletivo. Como contrapartida, será realizado um show online, exclusivo para os apoiadores, através da plataforma Zoom, com data e horário que serão encaminhados por e-mail.

Em tempos de pandemia, precisamos, mais do que nunca, fortalecer a cultura popular e seus agentes.

CAMPANHA DE FINANCIAMENTO COLETIVO: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cantoria-crua

REDES SOCIAIS:

Instagram

Facebook


Informações: Thays Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário