sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Governo de Pernambuco decreta situação de emergência em 55 municípios do Sertão devido à estiagem

Sertão
Foto: Amannda Oliveira

O governo de Pernambuco reconheceu a situação de emergência para 55 municípios do Sertão devido à estiagem. O decreto, que é necessário para que as localidades recebam recursos e auxílio, foi publicado no Diário Oficial do estado, nesta sexta-feira (11), e vale por 180 dias (veja lista completa das cidades mais abaixo).

A decisão levou em consideração a seca prolongada e também a chuva insuficiente para minimizar os impactos ocasionados pela situação em anos anteriores. O decreto apontou, também, que os moradores das localidades afetadas "não têm condições satisfatórias de superar os danos e prejuízos".

O decreto de situação de emergência estabelece uma situação jurídica especial para que possam ser desenvolvidas ações de enfrentamento pelas secretarias do estado. O decreto é necessário, também, para solicitação do reconhecimento por parte do governo federal.

Equipes da Secretaria Executiva de Defesa Civil do estado foram deslocadas para todos os municípios da região e realizaram o levantamento da situação de cada um para possível inclusão na lista.

Cidades em situação de emergência

Afogados da Ingazeira , Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco , Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu , Flores, Floresta, Granito, Ibimirim, Iguaraci, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itapetim, Jatobá, Lagoa Grande, Manari, Mirandiba, Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Quixaba, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Belmonte , São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Trindade , Triunfo , Tuparetama, Verdejante.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário