Uma mulher foi detida na cidade de João Pessoa por incentivar através de um carro de com a quebra do isolamento social. 

De acordo com a polícia, o carro de som estava transmitindo mensagens de incentivo para a população descumprir o decreto que previne a propagação do novo coronavírus e foi interceptado pelos policiais no bairro Castelo Branco.

A mulher de 35 anos, que havia contratado o carro e o motorista do veículo foram apreendidos e levados para a Central de Polícia. O carro de som estava com o licenciamento atrasado e foi levado ao pátio do Detran.

Segundo informações da Polícia Civil, a mulher pode responder pelo artigo 268 do Código Penal Brasileiro, por “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”. A pena é de detenção de um mês a um ano e multa.

Em rede social, Michele Assis, contratante do carro de som, declarou que a ação foi um "plano de protesto pelos trabalhadores" e que defende o isolamento vertical.

Informações: G1 PB