terça-feira, 17 de março de 2020

O Cuscuz nosso de cada dia



Se existe algo que é praticamente uma unanimidade nordestina, é o cuscuz. Em Pernambuco, ele é a atração de muitas mesas no café da manhã , almoço e jantar. Isso por que a pernambucana já criou diversas formas de apresentar o queridinho nordestino de diversas maneiras. Seja no estilo tradicional, acompanhado com carne de sol e queijo coalho, na versão paulista, com camarão e atum, ou ainda a tradicional farofa de cuscuz, o prato que surgiu no século 16, com a chegada dos portugueses ao Brasil, arrebata o estômago e o conquista corações. 

A iguaria pode ser comida com manteiga e ovos, ou com leite, quem sabe com aquela carne de sol com queijo coalho. A verdade, é que a paixão nossa de cada dia, ganhou a versão gourmet e vem sendo apresentado com diversos recheios com versões mais sofisticadas. 

Quem diria que uma coisa criada há anos atrás pelos portugueses para alimentar os animais, passaria a ser base da culinários indígena e hoje é um sucesso cada vez mais brasileiro. 

Qual o seu cuscuz preferido?

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário