quarta-feira, 25 de março de 2020

Cepe disponibiliza gratuitamente 14 e-books

Numa atitude solidária voltada para todos os brasileiros que estão fazendo a sua parte neste momento de necessário isolamento social, em função da pandemia do Coronavírus, a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) disponibiliza 14 e-books para download gratuito. Os títulos, alguns premiados, estão disponíveis para o público leitor na loja de e-books da Amazon, Apple, Kobo, Livraria Cultura e Google Play Books, até o dia 31 de março, pelo menos. Porém, a editora considera estender esse prazo, inclusive com a renovação dos títulos.
Além dos 14 e-books gratuitos, o público poderá contar também com o conteúdo aberto da revista Continente e do Suplemento Pernambuco no site de cada um dos produtos. O gerente de marketing, Rafael Chagas, destaca o dever da Cepe, especialmente neste momento, de estimular a leitura e facilitar o acesso ao livro.
“Entendemos que este é um período em que as pessoas entrarão em contato profundo com suas famílias e consigo mesmas. A oferta de conteúdos diversificados para se enfrentar esta fase da maneira mais proveitosa possível deve ser pensada por qualquer empresa que, de alguma forma, trabalhe com cultura. Disponibilizar parte do nosso catálogo gratuitamente em sua versão digital é justamente isso: fazer com que o leitor viaje, em completa segurança, com a sua própria imaginação”, enfatiza Chagas.
LANÇAMENTOS
De acordo com o editor, Diogo Guedes, mesmo com os eventos presenciais de lançamento suspensos, a Cepe continua com o seu cronograma de publicações, mostrando também um catálogo variado.

“Diante de um cenário em que se pede para as pessoas ficarem o máximo possível em casa, a leitura é uma das melhores formas de escapar da sensação de isolamento — afinal, um leitor está sempre em diálogo com quem escreveu e movimenta-se por outras histórias, universos, pensamentos”, diz o editor.
Este mês a editora publicou um dos vencedores do Prêmio Cepe Nacional de Literatura, A menina que engoliu o céu estrelado, uma narrativa infantojuvenil que mistura o fantástico com o regional. “Também em março lançamos um romance irônico, Opulência, do escritor e tradutor Luis Krausz, que pensa o excesso e os rituais da burguesia paulista na segunda metade do século 20. Fora da prosa, temos o fundamental lançamento de Poemas reunidos, com os versos de Jorge Lopes, nome fundamental da poesia urbana recifense”, conta.
O editor lembra ainda de outros lançamentos marcantes para o catálogo da editora. “A Cepe se debruça sobre o cinema com dois títulos que mostram, de formas diferentes, a vivacidade do cenário local: A história da eternidade, que traz o roteiro original de Camilo Cavalcanti para o seu filme premiadíssimo, e Antologia da crítica pernambucana, de André Dib e Gabi Saegesser, que recupera os textos e debates na imprensa sobre o cinema pernambucano. Também abordando o cinema, mas passando por muitas outras linguagens, com os desenhos animados e a arte contemporânea, a Cepe Editora ainda lançou, pelo Selo Pernambuco, o livro A arte queer do fracasso, estudo essencial e criativo de Jack Halberstam sobre identidade LGBTQI+, gênero, a ideia de fracasso no capitalismo e, claro, Bob Esponja, Procurando Nemo e Fuga das galinhas”.
Serviço
Confira a lista dos 14 e-books disponíveis para download e a sinopse deles:

Caminho áspero e outros poemas (poesia)
Autor: Severino Filgueira
Sinopse: Normalmente associado à chamada Geração 65 da literatura pernambucana, Severino Filgueira é, na verdade, um poeta que escapa de classificações, que talvez se enquadrasse mais na famosa tradição de poetas “malditos”. Caminho áspero e outros poemas é uma coletânea em que se percebem as múltiplas facetas deste artista singular, um grande esteta de formas fixas, em especial do soneto.

Mulher sob a influência de um algorítimo (poesia)
Autora: Rita Isadora Pessoa
Sinopse: Em Mulher sob a influência de um algorítimo, a autora percorre dezenas de possibilidades de existências femininas autônomas, relacionadas entre si ou arbitrárias, em busca de uma mulher que sempre escapa, fugidia.
Nesse livro de poemas de Rita Isadora Pessoa, o algoritmo da linguagem tem a função de oráculo e a contingência dos números acompanha o gesto de desaparecimento de uma mulher que se recusa a ser escrita em linguagem java ou html. O livro foi vencedor da categoria Poesia na terceira edição do Prêmio Nacional Cepe de Literatura.

Vácuos (poesia)
Autor: Mbate Pedro
Sinopse: Em sete poemas distribuídos nas 80 páginas do livro, o moçambicano Mbate Pedro empreende uma profunda busca de si mesmo, através da escrita. São poemas longos, que transportam cada leitor como sombras no vácuo, em uma leitura fluida, leve e ilimitada que passeia entre a dialética do amor e a morte, a perda e a vulnerabilidade, entre outros sentimentos e formas de sentir. Em um jogo de palavras difícil de determinar onde os poemas começam e terminam.

O filho das viúvas (ficção)
Autor: Pedro Veludo
Sinopse: A descoberta acidental de um livro num sebo é o ponto de partida para esta história. Enquanto o texto relata a busca intensa de Catrônfilo, o protagonista, pela identidade da mãe, o narrador procura obsessivamente a identidade do autor do livro. Qual das quatro “mães” será a do protagonista e quem escreveu a história? A busca do autor passa a ser o mote da vida do narrador. Diversos enredos se desenvolvem e entrelaçam neste livro, vencedor do Prêmio Cepe Nacional de Literatura 2018, seguindo uma linha que tange o realismo mágico, levando a um surpreendente final.

Os olhos de Diadorim e outros ensaios (ensaios)
Autor: Wander Melo Miranda
Sinopse: Neste conjunto de ensaios, o autor parte de uma indagação renovadora sobre as condições da própria crítica literária atual, a partir da qual testa hipóteses e soluções na tentativa de descrever e resolver impasses, reunindo textos dispersos, escritos e maturados em sua totalidade, no seu característico estilo dinâmico e enxuto que singulariza sua escrita.

30 entrevistas da Continente (ensaios)
Organizadora: Adriana Dória
Sinopse: “São trinta copos de chopp, são trinta homens sentados, trezentos desejos presos, trinta mil sonhos frustrados”, escreveu o poeta Carlos Pena Filho. Neste livro, são 30 entrevistas publicadas na revista Continente, selecionadas entre tantas outras, no intervalo de 10 anos. Aqui, o leitor terá o prazer do encontro com vozes potentes de artistas, músicos, cineastas, sociólogos, filósofos, entre outras ocupações nas áreas das Ciências Sociais e Humanas. Gente que, com suas ideias e experiências, é capaz de nos esclarecer e enternecer, a despeito das mudanças ocorridas, porque, assim como o poema de Carlos Pena, o que eles dizem desconhece limites de tempo e espaço.

Ficcionais (ensaios)
Organizador: Schneider Carpeggiani
Sinopse: Organizado em comemoração aos cinco anos do Suplemento Pernambuco, da Companhia Editora de Pernambuco, a obra reúne textos de 32 autores que colaboraram para a sessão Bastidores, falando sobre seus processos de criação, entre eles Rubens Figueiredo, conhecido tradutor do russo, a escritora de livros infantis Ana Maria Machado, o escritor e crítico literário José Castello, e outros.

Semblante: é de verdade ou de mentira? (ciências)
Autoras: Dulce Luna e Maria Teresa de Melo Padilha
Sinopse: Sexto livro publicado pelo grupo de estudos Função do Analista: enfoques lacanianos do Círculo Psicanalítico de Pernambuco. Reúne artigos que elaboram algumas questões teórico-clínicas dos autores com base no conceito lacaniano do semblante.

Casos especiais de Osman Lins (artes)
Autor: Adriano Portela (organizador)
Sinopse: Nascido em Vitória de Santo Antão, Pernambuco, Osman Lins é autor de contos, romances, narrativas, ensaios e peças de teatro. O romance Avalovara (1973) é considerado sua obra-prima. No final da década de 1970, Osman Lins enveredou na aventura televisiva, escrevendo, roteirizando e adaptando para o programa Caso Especial, da Rede Globo, os episódios: A ilha no espaçoQuem era Shirley Temple? e Marcha Fúnebre. Estes são os invólucros de suas histórias, analisadas pelo crítico Adriano Portela em sua dissertação de mestrado – sob orientação da professora doutora Ermelinda Ferreira – e que agora propõe a reedição da obra osmaniana.

O massacre da Granja São Bento (história)
Autor: Luiz Felipe Campos
Sinopse: Num momento em que o Brasil revisita seu passado histórico de luta e repressão através das Comissões de Verdade e Memória, O massacre da Granja São Bento surge para nos lembrar de um dos muitos exemplos da violência brutal imposta aos militantes de oposição durante o período da ditadura. Na ocasião, seis componentes da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) foram encontrados mortos na propriedade rural, em Pernambuco, com sinais claros de uma execução sumária. Este livro-reportagem e todo o seu trabalho de pesquisa tem a intenção de esclarecer o acontecimento, não no sentido de vingar suas vítimas, mas de manter o olhar no futuro e ajudar a fortalecer a democracia brasileira.

O Mar de Fiote (literatura infantojuvenil)
Autora: Mariângela Haddad
Sinopse: Vencedor do Concurso Cepe de Literatura Infantil e Juvenil/2011 na categoria Infantil. Ilustrado pela autora, fala de um menino que, com pai ausente e cercado de irmãs tagarelas, não consegue se expressar. Quando conhece um vizinho que o ajuda a sair de uma situação de conflito e lhe oferece um presente que lhe permite entrever o mar, sua personalidade começa finalmente a aflorar.

O menino mais estranho do mundo (literatura infantojuvenil)
Autor: Helder Herik e Luísa Vasconcelos (ilustradora)
Sinopse: Curioso, inventivo e sonhador, Dário ama a natureza, cultiva a amizade de um sapo e é fascinado pelas letras do alfabeto. Em seu mundo de descobertas, fica feliz ao entender que é um poeta.

Contrato com vampiros (literatura infantojuvenil)
Autor: Délcio Teobald
Sinopse: Contrato com vampiros retrata a curiosidade da personagem principal sobre a verdadeira identidade de um garoto que se apresenta como vampiro. No decorrer da história, a garota, ao lado de uma amiga, tenta descobrir se o jovem realmente é o que parece ser. Indicada principalmente para os amantes do sobrenatural, a obra foi escrita pelo mineiro Délcio Teobaldo e ganhou ilustrações do paraibano Shiko.

A valente princesa Valéria (infantojuvenil)
Autor: João Paulo Vazo
Sinopse: O velho conto do príncipe valente, que salva a loura donzela, é esquecido nesta obra, totalmente contrária a clichês, que obteve o segundo lugar da categoria Juvenil no Concurso Cepe de Literatura Infantil e Juvenil de 2011. O autor homenageou as mulheres com a princesa corajosa, que vence bruxas e dragões e salva o príncipe da pasmaceira em que vivia. O ilustrador Laerte Silvino deu à obra um toque de HQ, com humor.

Informações: Fundarpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário