quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

14º Baile Municipal abre o Calendário de Eventos 2020 de Arcoverde

Foto: Robson Lima

A 14ª edição do Baile Municipal, que acontece no próximo dia 08 de fevereiro (sábado), no Esporte Clube Municipal Roberto Moraes, será a primeira atração do Calendário de Eventos 2020 na cidade. Promovido pela Prefeitura de Arcoverde, por meio do Comitê Gestor de Eventos, a tradicional prévia à fantasia vai abrir oficialmente os festejos do Carnaval Folia dos Bois, o qual acontece entre os dias 22 e 25 de fevereiro.

Entre as apresentações artísticas e culturais, já está confirmada a Orquestra Super Oara & Elaque Amaral. Em breve, será divulgada a segunda grande atração da noite e outras novidades que vão integrar a última edição do evento na gestão da prefeita Madalena Britto. “Como também já é tradição, este ano, mais uma vez, teremos premiação para o Concurso de Fantasias: Destaque Fantasia Feminina, Destaque Fantasia Masculina, Destaque Fantasia Casal e Destaque Fantasia Grupo”, informou o secretário de Turismo e Eventos de Arcoverde, Albérico Pacheco.

Com o tema ‘Em 2020, o Baile Municipal e toda sua tradição, renda homenagem à JOINHA, um grande guerreiro, que sempre com alegria e emoção, resplandece as festas de rua da Capital do Sertão’, a prévia carnavalesca estará celebrando a história de vida de José Joacy Dias Sobrinho, popularmente conhecido desde 1945 como Joinha do Bazar Caramuru.

Sobre o homenageado - José Joacy Dias Sobrinho, tradicionalmente conhecido como Joinha, nasceu em Belo Jardim no ano de 1938. A partir de 1945 se mudou com a família para Arcoverde, então conhecida como Cidade Capital do Sertão de Pernambuco, onde seu pai – Senhor Horácio, conhecido como “Café da Hora”, e de sua Mãe Dona Celina (Nina) - fundaram o histórico Bazar Caramuru que, ao longo do tempo e por comercializar fogos de qualidade e procedência (da marca Caramuru, por exemplo), ficou famoso pelo refrão: “Bazar Caramuru – Os fogos que não dão xabu!”
Com a morte de seu pai, em 1970, Joinha assumiu os negócios da família (fogos, calçados, artigos de armarinho, chaves e carimbos), todos concentrados no famoso e emblemático Beco do Bacurau ou Travessa Frei Caneca, mas que, na memória do arcoverdense, ficou conhecido mesmo como o Beco do Joinha, há mais de 50 anos.

Casado desde 1971 com Dona Maria de Fátima Dias Silva, tem os filhos José Joacy Dias Silva Filho (Júnior), Horácio Simplício Silva Neto (Horacinho), Jacy Alessandro Dias Silva (Calado) e Rita de Cássia Dias Silva (Ritinha).

Atualmente, embora aposentado e com os negócios sob o comando dos filhos, sempre é comum encontrar Joinha no Bazar, a postos em sua mesa atendendo a todos sempre de forma gentil e animada. Otimista convicto, Joínha sofreu muitos “baques” na vida. Porém, como ele mesmo afirma, de todos se ergueu por sua força e forte convicção e crença em Deus. Pra ele tudo é desígnio de Deus e, portanto, independente das agruras da vida, o importante e crer, levantar e seguir em frente. E é exatamente essa mensagem que ele passa para os filhos, amigos e todos que o admiram.
Joínha é, pois, um cidadão de Arcoverde, um filho adotado pela cidade e que transformou seu bonito legado em uma história de superação e exemplo de honestidade, respeito e carinho pelo próximo.

Joinha faz parte da história de Arcoverde. É admirado e respeitado. Por isso, nada mais justo que a 14ª edição do Baile Municipal de Arcoverde lhes renda essa justa homenagem, não apenas pela sua importância histórica e cultural para o município, mas, sobretudo, pela sua personalidade marcante e a opção de transformar seu ponto comercial, no emblemático beco que leva seu nome, longo desses mais de 50 anos, num local de alegria e emoção, fazendo resplandecer as grandes festas da Capital do São João!

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário