terça-feira, 26 de novembro de 2019

‘Vigília em Defesa do SUAS’ reuniu profissionais e usuários da Assistência Social de Arcoverde

  Foto: Amannda Oliveira

Na tarde desta terça-feira, 26 de novembro, aconteceu em Arcoverde o ato ‘Vigília em Defesa do SUAS – Serviço Único da Assistência Social’. Marcado por caminhada pela principal via do centro da cidade, a iniciativa organizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social reuniu diversos profissionais, usuários, agentes públicos, instituições, representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, em defesa da continuidade das políticas públicas destinadas ao segmento.
Após a realização do percurso com a participação de grupos culturais de Arcoverde, que teve concentração na Praça Barão do Rio Branco, em frente à Casa 60+, até a Praça do Senadinho, o microfone foi aberto aos participantes para a expressão de opiniões e incentivo. O ato teve articulação do COEGEMAS/PE – Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social.

 Foto: Amannda Oliveira

“Nossa luta é por garantia de direitos. Nós fizemos esse momento junto com tantos outros municípios do nosso país, que se mobilizaram para garantir um Sistema de Assistência Social organizado, universal, que garanta direitos aquelas pessoas que precisam”, afirmou a secretária municipal de Assistência Social, Patrícia Cursino Padilha. “Temos usuários e representantes de instituições que precisam ter orçamento garantido para o ano de 2020, assim como a recomposição do orçamento de 2019, para que a gente faça com que serviços como o CRAS e CREAS continuem funcionando no Brasil”, enfatizou.

 Foto: Amannda Oliveira

Entre outras solicitações feitas durante a iniciativa está a PEC 383 - A, que destina 1% da receita da União para gestão e serviços de assistência social.
ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário