segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Divulgada lista de habilitados para o 2º Prêmio Pernambuco de Fotografia

Priscila Buhr/Divulgação

O Governo do Estado de Pernambuco disponibilizou aqui a lista geral dos habilitados para o 2º Prêmio Pernambuco de Fotografia. A iniciativa, capitaneada pela Secretaria de Cultura e pela Fundarpe, destina-se a reconhecer, valorizar, incentivar e difundir a produção fotográfica amadora e profissional do Estado e a revelar novo(a)s fotógrafo(a)s. Também está disponível aqui o resultado da análise preliminar dos recursos apresentados à comissão. Ao todo, foram 114 inscrições habilitadas, para 426 fotografias. A Análise de Mérito Artístico-Cultural ocorrerá entre os dias 05 e 07 de novembro e o resultado final está marcado para o dia 29 de novembro.
Este ano, a premiação homenageia dois fotógrafos que fizeram história no Sertão do Pajeú: José Pedro da Silva e José de Morais Veras. Serão 15 fotografias selecionadas para uma exposição coletiva e a edição de um catálogo. Os autores também receberão um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 6 mil por fotografia.
As fotografias participantes atendem à temática da “Diversidade Cultural” que, de acordo com o regulamento, engloba “os diferentes costumes da nossa sociedade, dentre os quais podemos citar: vestimenta, culinária, manifestações religiosas, tradições, entre outros aspectos”. Na análise de mérito artístico e cultural das imagens inscritas, serão avaliados critérios como valor artístico e cultural da obra para a linguagem fotográfica, originalidade, criatividade e inovação.
Mais informações poderão ser obtidas através do e-mail: fotografiasecultpe@gmail.com ou pelo telefone (81) 3184.3072. O edital pode ser acessado aqui.
OS HOMENAGEADOS
José Pedro da Silva – Nasceu em 1925, na Cidade de Afogados da Ingazeira, Sertão do Pajeú. Passou parte da vida na comunidade Rural de Poço da Pedra do município mencionado, e daí ganha o apelido de Peda.  Ainda na juventude, muda-se para o Recife, dando origem ao Bairro São Francisco, hoje conhecida como Rua Nova. Zé Peda é o que hoje conhecemos com fotógrafo de rua. Com seu jeito irreverente de fazer fotografia, era a figura certa nos carnavais, festas e feiras da cidade, tornando-se assim, com seu jeito único de fotografar, uma figura lembrada até hoje pelos moradores da sua região.
José de Morais Veras - Nascido em 10 de março de 1921, em Tabira, e falecido em 29 de outubro de 1979, é conhecido como o pioneiro da fotografia do Pajeú. Já dominando a arte de fotografar, tornou-se um dos mais solicitados a fotografar festas no interior, campanhas políticas e a famosa Festa de Santo Antônio da Serra da Colônia, no Município de Carnaíba. Montada em sua burra, a “Lua Branca”, subia e descia a Serra da Borborema para realizar seus registros, numa época em que boa parte das casas da região tinha na sala um retrato familiar revelado por ele. Como pioneiro na arte da fotografia, montou um laboratório de revelação, transmitindo a muitos, os ensinamentos e formando uma legião de fotógrafos.
Informações: Fundarpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário