segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Cerimônia iniciou o Festival Esportivo das Escolas Unificadas de Arcoverde, nesta segunda-feira

Foto:Israel Leão
Numa iniciativa do Programa Olimpíadas Especiais Brasil (Pernambuco), com apoio da Secretaria de Educação e Esportes do município, através da Coordenadoria de Educação Física, foi realizada na manhã de segunda-feira, 25 de novembro, na Quadra de Esportes do Sesc Arcoverde, a cerimônia de abertura do Festival Esportivo das Escolas Unificadas.
Com a participação de cerca de 200 alunos da Rede Municipal de Ensino e das creches, o evento teve como lema "Jogue junto, aprenda junto". As Olimpíadas Especiais envolvem alunos com diferentes capacidades individuais e deficiências em torno de um bem comum: construir comunidades de aceitação e inclusão para as pessoas com ou sem deficiência intelectual. Os primeiros jogos internacionais das Olimpíadas Especiais aconteceram, há 51 anos, em Soldiers Field (Estados Unidos).
A cerimônia contou com as presenças da prefeita Madalena Britto, Zulmira Cavalcanti (secretária de Educação e Esportes), Ana Paula Soares (diretora executiva das Olimpíadas Especiais/Brasil), Ife Goodson (Special Olympic Games), Ana Zélia Belo (Diretora do Diretório de Pernambuco) e de Rafael Fiúza (Diretor Nacional das Escolas Unificadas).
"Neste momento quero ressaltar o empenho da gestão municipal, a Coordenação de Educação Inclusiva, os parceiros Sesc e Gerência Regional de Educação (GRE) - todos são fundamentais para que as Olimpíadas Especiais esteja acontecendo em nossa cidade. Não importa a deficiência ou limitação, o importante é mostrar a força que temos juntos, a força de acreditar na inclusão", afirmou Zulmira Cavalcanti.
Já a prefeita Madalena Britto saudou os participantes. "Tenho a imensa satisfação de receber a todos vocês, alunos, pais, diretores de escolas e gestores envolvidos com este festival. O que nos deixa feliz ė saber que todos os alunos, especiais ou não, têm as suas potencialidades específicas, mas que nós, enquanto gestores, devemos incentivá-los", disse a gestora municipal.
Segundo dados da Coordenadoria de Educação Inclusiva, em 2013 apenas 3 crianças eram atendidas pelas escolas da rede municipal e creches. Hoje, as unidades contam com 300 crianças matriculadas. "Esse atendimento multidisciplinar é muito importante tanto para a criança quanto para os pais e para a comunidade", afirmou a prefeita.
Ao final da cerimônia foi acesa a Pira Olímpica e feita leitura do Juramento do Atleta pelas alunas Maria Gabriele e Maria Graziele (ambas da Escola Marieta de Brito Freire/Caraíbas). Ainda houve tempo para apresentações de Reisado (Escola Marieta de Brito Freire), Frevo (Escola  Adalgiza Cavalcanti de Barros Correia (Conjunto Novo Arcoverde) e Escola Integral Ivany Rodrigues Bradley (Tamboril).

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário