domingo, 6 de outubro de 2019

Garanhuns recebe a Mostra Marcos de Freitas


As tradições culturais afro-brasileiras serão o mote da 11ª Mostra Marcos Freitas – Território das Artes que o Centro de Produção Cultural e Negócios do Sesc (CPC) está realizando até o dia 29 de outubro, em Garanhuns. Com o tema “Afrobrasilidades” e uma programação descentralizada, vai contar com a participação, dentre outros, de Lia de Itamaracá; os Mestres Ciço Gomes e Assis Calixto que trazem as diversas sonoridades do Coco da cidade de Arcoverde; Gabi da Pele Preta, representante da nova cena musical pernambucana; Guitinho da Xambá e Conceição dos Prazeres, que trazem a ancestralidade dos rituais africanos; Gonzaga de Garanhuns, mestre do Reisado; Adiel Luna e o escritor nigeriano Sunny. Também estarão presentes outros grandes nomes do cenário artístico cultural de Garanhuns e do Estado.

As ações envolvem atividades nas linguagens do audiovisual, artes visuais e cênicas, música e literatura. “A Mostra traz à discussão questões sobre ancestralidade, pertencimento, liberdade, oralidades, territórios de saberes e fazeres e como estes temas se relacionam entre Garanhuns e as cidades do Corredor Cultural que compõe seu entorno”, explica Josimar Araújo, coordenador geral do projeto. A Mostra Marcos Freitas também vai tratar de como descobrir “caminhos” de diálogo do que se produz no interior do estado e de que forma pode-se reverberar para além das fronteiras territoriais das cidades, junto aos artistas e fazedores culturais, com a perspectiva de desenvolver redes de articulação e discussão sobre mercado e espaços de trabalho para esta cadeia criativa pulsante e latente.

Confira toda a programação AQUI.

Claudio Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário