segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Criadora do canal “Caçando Histórias” vem a Garanhuns

Foto: Facebook/Arquivo pessoal

Será no próximo dia 17 de outubro, no Sesc Garanhuns, a realização do 3º Seminário Filig de Leituras, que vai trazer a criadora do primeiro canal dedicado à afro-brasilidade do Youtube, Kemla Baptista, e está com inscrições abertas pelo link encurtador.com.br/uGTU7. Este é o último encontro antes da realização do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, que vai acontecer entre 24 e 27 de outubro e tem idealização do Home Center Ferreira Costa.

Após credenciamento e leitura de conto, o público vai participar da palestra “Presença, ancestralidade, visibilidade da africanidade no Mundo Virtual”, mediada pela pedagoga e coordenadora de salas de leituras e bibliotecas, Cris Rufino, e ministrada por Kemla Baptista.

Na conversa, ela vai falar da contribuição no campo da difusão da ancestralidade e na luta contra o racismo, à medida que sensibiliza as pessoas para a escuta e olhar para o outro. Ainda na programação, estão a apresentação de projetos selecionados após convocatória do festival. São iniciativas que foram desenvolvidas nas salas de aula por alunos e professores que utilizaram o tema do Filig e o acervo literário do festival.

Filig – O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns é resultado da proposta da Ferreira Costa, idealizador do evento junto com a Proa Marketing Cultural e Projetos, de formar leitores. Por isso, crianças e adolescentes são o público-alvo das atividades em outubro. No entanto, pensando no ecossistema, o Filig também traz ações formativas que envolvem pais e mães, professores, bibliotecários e demais profissionais envolvidos no universo literário e educacional. Durante o festival, Garanhuns vivencia dias com intensa programação gratuita para moradores e visitantes de outros municípios que podem participar de espetáculos musicais e cênicos, exposições, conversas com autores locais e mundiais, entre outras atividades. O Filig conta com o apoio da Fundarpe, Governo de Pernambuco, Sesc Garanhuns, Prefeitura de Garanhuns e Universidade Federal Rural de Pernambuco – UAG e a realização da Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania.

Claudio Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário