segunda-feira, 17 de junho de 2019

Equipes que vão atuar no Espaço da Acessibilidade e no Espaço Novo Tempo iniciam encontro de formação para o São João de Arcoverde


A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Arcoverde estará realizando, nesta segunda e terça-feira, respectivamente, 17 e 18 de junho, no auditório da Secretaria de Educação, Encontro de Formação das equipes que vão atuar no Espaço da Acessibilidade e no Espaço Novo Tempo.
“A principal palestrante será a psicopedagoga Lúcia Lira que falará sobre abordagem e o acolhimento das crianças e adolescentes, bem como a acolhida das pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, público alvo dos espaços, além de tratar da Lei de Acessibilidade e dos possíveis encaminhamentos à Rede Socioassistencial após o término das festividades”, afirmou a secretária municipal de Assistência Social, Patrícia Cursino Padilha.
Participarão do encontro os coordenadores, a equipe de abordagem, os educadores sociais do espaço Novo Tempo e ainda supervisor, coordenador e equipe de linha de frente do Espaço da Acessibilidade.
Espaço da Acessibilidade - O espaço é destinado às pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, para que os mesmos possam assistir, com tranquilidade, aos shows do São João no município.   A área ficará a cinco metros do palco, localizada no frontstage do Polo Multicultural, na Praça da Bandeira, durante os festejos juninos e oferta até 22 vagas por noite. A área conta com banheiros adaptados, disponibilidade de vagas de estacionamento com embarque e desembarque em uma área próxima ao polo, com sinalização específica, rampa de 1,50m de largura acompanhadas de corrimão com duas alturas, além de sinalização e piso regular de acesso.
Espaço Novo Tempo - É uma ação de garantia de direitos de crianças e adolescentes, por meio de atividades preventivas e de enfrentamento ao trabalho infantil. O espaço vai funcionar durante o período junino na sede da Secretaria de Assistência Social, localizada na Rua Helena Rodrigues Porto, n° 100, no centro da cidade, próximo ao Coreto da Praça da Bandeira.
A iniciativa tem como público alvo crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos e tem como objetivo geral desenvolver ações de prevenção, articulação, sensibilização e enfrentamento ao trabalho infantil, à exploração sexual, ao consumo de substâncias psicoativas, situação de rua e outras violações de direito. Atende até 25 crianças e adolescentes por noite, em situação de vulnerabilidade e risco social decorrentes da exposição sofrida durante os festejos juninos.
ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário