terça-feira, 21 de maio de 2019

Projeto "As Poetas do Sertão" vai mapear produão feminina no Pajeú

Intitulado As poetas do Pajeú, a iniciativa visa resgatar nomes e disponibilizar gratuitamente em acervo virtual  


Quem são as poetas do Pajeú? O projeto as poetas do pajeú pretende colocar em relevo a produção poética das mulheres da microrregião do Sertão do Pajeú, dos últimos 100 anos. A motivação da pesquisa está nas implicações históricas, sociais, políticas e culturais que invisibilizaram o registro das produções e presenças das poetas pajeuzeiras na historiografia literária pernambucana e, consequentemente, brasileira. A partir da constatação deste cenário, a artista visual e poeta Mariana de Matos idealizou a iniciativa, que conta com incentivo do Funcultura.

No processo de encontro com as poetas, as pesquisadoras Mariana de Matos, Thais Albuquerque, Uilma Queiroz,  Priscila Melo e Rose Lima estão a percorrer as 17 cidades que conformam a região do Pajeú. As reflexões da equipe se delineiam ao considerar a condição e contexto de vida destas mulheres, para entender como a poesia se expressa e manifesta de forma múltipla. 

Além da escrita, da rima e do verso, o sertão do Pajeú conserva uma forte tradição oral, que também se relaciona à uma perspectiva cotidiana no modo de fazer poético.

Ancorada na memória, na prática do improviso e na musicalidade, o projeto defende uma epistemologia plural, que valoriza a pluralidade de formas de conhecimento e saber artístico. Como pedagogia, em função da necessidade de compreender as múltiplas formas e lógicas de expressão, temos nos apoiado em buscas através de rádios, carros de som, mídias sociais, email, contato por telefone, intervenção urbana, além da pesquisa de campo (feita em dois ciclos: primeiramente com pesquisadoras locais e atualmente, com a equipe que percorre as 17 cidades).

Construir um panorama das poetas do Pajeú, significa aqui, acessar diferentes existências, considerando nosso desejo em ouvir a pluralidade de locuções poéticas da região. Tanto as poetas como a população em geral podem entrar em contato e colaborar com informações por meio do email aspoetasdopajeu@gmail.com, das redes sociais (Instagram @aspoetasdopajeu e Facebook) e  através do telefone (87) 99651.7752

A partir da pesquisa será criada uma plataforma virtual com o propósito de difundir a pesquisa gratuitamente dentro do contexto cultural pernambucano e brasileiro (previsão de lançamento – em setembro). Esse espaço possibilitará a visibilidade da produção destas mulheres que contribuem para a formação do Pajeú, enquanto terra encantada pela poesia. Pretende-se, ainda, desenvolver um material didático baseado nas produções das poetas, como forma de proporcionar o acesso à produção das poetas do pajeú em ambientes educativos e contribuir para a ampliação do léxico poético do Pajeú .


SERVIÇO:
Coleta de material até  05 de Junho de 2019
Cidades envolvidas: Sertão do Pajeú (São José do Egito, Itapetim, Tuparetama, Brejinho, Tabira, Santa Terezinha, Carnaíba,, Ingazeira, Iguaracy, Solidão, Afogados da Ingazeira, Quixaba, Flores, Triunfo, Santa Cruz da Baixa Verde, Calumbi, Serra Talhada).


ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário