sexta-feira, 1 de março de 2019

Troça mista Mulher na Vara desfila pelas ladeiras de Olinda na Segunda de Carnaval

Foto: Eduarda Casanova

“Olha a mulher na vara!”. Falta pouco para os foliões entoarem a frase da famosa troça pelas ruas do Sítio Histórico. Brincadeira que começou em 1993, a Mulher na Vara desfila pela 26ª vez pelas ruas de Olinda. Conhecida pela vara de bambu de quase dois metros, onde as foliãs são carregadas para frevar nas alturas, a troça carnavalesca inicia o desfile na sede da agremiação, que fica na Rua da Boa Hora.

A animação começa mais cedo este ano: o Mulher na Vara sairá às 10h30, esticando o tempo de folia pelas ladeiras de Olinda. A Orquestra do Maestro Oséas anima o percurso, enquanto a Batucada da Vara comanda a brincadeira na volta do desfile. “O objetivo do Mulher na Vara é ser uma brincadeira saudável e divertida. Sobem mulheres de diversos os perfis na vara, baixinhas, gordinhas, de todas as idades e sempre respeitamos todas. Tudo não passa de uma brincadeira sadia”, salienta um dos diretores da troça, Samuel Costa.

HISTÓRIA

No Carnaval de 1992, uma amiga do criador da Vara, Carlos Porciúncula, torceu o pé e ficou impossibilitada de caminhar. A moça foi carregada no braço, até que os amigos acharam um pedaço de madeira e a puseram sentada, levando-a pelas ladeiras da cidade histórica. “Olha a mulher na vara!”, começaram a falar. No ano seguinte, a troça estreou na festa pernambucana, se tornando um dos mais tradicionais blocos do Carnaval de Olinda, desfilando sempre no terceiro dia da Folia de Momo.

SERVIÇO:

DESFILE DO BLOCO MULHER NA VARA 
Segunda-feira de Carnaval, 4 de março
Horário: 10h30 (saída do desfile), na Rua da Boa Hora, em Olinda

Samuel Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário