quinta-feira, 7 de março de 2019

Sesc Arcoverde com programação gratuita de cinema o mês inteiro

As exibições serão iniciadas nesta sexta (08), e continuam nas subsequentes, sempre em dois horários


Nesta sexta (08/03), e nas demais do mês de março, no Teatro Geraldo Barros, o Sesc Arcoverde estará com programação gratuita de cinema para todos os públicos. A agenda faz parte do projeto CineSesc, que tem a proposta de apresentar filmes que abordam questões sociais. Nos quatro encontros, serão exibidos, sempre às 14h, os curtas “Òrun Àiyé”, “Garoto VHS” e “Nham Nham”. Em cada um deles, também será dado espaço para um longa, a partir das 19h: “Paterson” (08/03), “O sabor da vida” (15/03), “O que está por vir” (22/03) e “Columbos” (29/03). Nas ocasiões, haverá debate com Thalita Farias.
Animação em stop motion, “Òrun Àiyé” conta a história da criação do universo a partir do ponto de vista da cultura afro-brasileira. “Garoto VHS” narra a história de garoto apaixonado por Beta. Ela vai embora para nunca mais voltar e o Garoto VHS decide entregar um presente que Beta nunca esquecerá: uma memória. Já “Nham-Nham” trata da temática “crescer”. Através do olhar do menino Lucas e seu universo fantástico. Crianças interpretam o filme como uma fábula sobre monstros e os adultos enxergam a lembrança da perda da inocência. Ambos têm classificação livre.
Na cidade de Paterson, em Nova Jersey - EUA, o personagem Paterson (Adam Driver), é um simples motorista de ônibus local. Ele vira um personagem conhecido por se destacar em uma arte diferente da condução de veículos: o rapaz é também um poeta. O longa “Paterson” tem a direção de Jim Jarmusche é indicado para maiores de 12 anos. O filme estará à disposição do público a partir das 19h.
“O sabor da vida” é um longa para maiores de 14 anos e conta a história de Sentaro (Masatoshi Nagase), que toma conta de uma padaria que vende bolos recheados com pasta doce de feijão vermelho. Uma senhora de idade, Tokue (Kirin Kiki), se oferece para ajudar na cozinha. Ela mostra ter mágica em suas mãos e graças à sua receita secreta, o pequeno negócio logo floresce.
Com classificação para maiores de 14 anos, “O que está por vir” retrata a vida de Nathalie (Isabelle Huppert), uma professora de filosofia, que tem dois filhos que pouco vê e um marido também docente, seu companheiro há 25 anos. Ela leva uma vida tranquila. Mas a vida pacata mudará repentinamente.
A trama se passa na cidade de Columbos, que também dá nome ao filme. “Columbos” tem como protagonista Casey (Haley Lu Richardson) que vive com sua mãe em uma cidade pouco conhecida e assombrada pela promessa de modernismo. Jin (John Cho), um visitante do outro lado do mundo, visita seu pai que está quase falecendo. Sobrecarregados pelo peso do futuro, eles encontram refúgio um no outro e na arquitetura que os rodeia. O filme é voltado para maiores de 14 anos.
Sobre o projeto - O CineSesc é um dos maiores circuitos de exibição de filmes no país. Com mais de uma década de existência, a iniciativa promove a circulação, difusão e o acesso a produções cinematográficas nacionais e internacionais. Apresenta obras com formas narrativas impactantes e que trazem reflexões sobre relevantes questões sociais, sempre alinhadas com os princípios sociais que movem a Instituição, incentivando o debate em torno do cinema brasileiro e internacional, comercial ou independente, em um eixo educativo, artístico e cultural. Nessa perspectiva, o projeto propõe um recorte temático, com filmes que abordam assuntos sociais relevantes.
Anualmente, o CineSesc licencia filmes que são exibidos nas unidades da Instituição durante 2 anos. O acervo passa por 250 municípios, em 27 estados brasileiros. Em mais de uma década, cerca de 3 milhões de pessoas foram beneficiadas pela iniciativa.

Serviço: CineSesc - Arcoverde
Local: Sesc Arcoverde – Rua Capitão Arlindo Pacheco de Albuquerque, 364 - Centro
Data: 8 de março  
Horário: 
14h - “Òrun Àiyé”, “Garoto VHS” e “Nham-Nham” (Classificação livre) / 
19h – “Paterson” (12 anos), “O sabor da vida”, “O que está por vir” e Columbus”
Entrada gratuita

Claudio Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário