sábado, 16 de fevereiro de 2019

Mostra Fotográfica ‘Donna das Divinas Tetas’ expõe corpos de mulheres nuas para falar sobre pluralidade, empoderamento, liberdade... Sobre se aceitar e ser feliz



O Espaço Cultural Pimenta Rosa recebe dia 16 (sábado), a partir das 18h, a exposição fotográfica Donna das Divinas Tetas da artista arcoverdense Martina Freire como parte da programação do movimento cultural Fuá. A noite será marcada por várias produções independentes, reunindo artistas de várias vertentes, performances, feiras, discotecagem, música ao vivo, fotografia...um fuá artístico mesmo!

A Mostra retrata a pressão que a fotógrafa sofreu para se enquadrar nos padrões de beleza impostos pela sociedade durante sua infância e adolescência. Depois de emagrecer mais de 110 Kg e de ouvir que nunca namoraria e trabalharia pelas exigências do mercado de trabalho, Martina não só fez uma reviravolta em sua vida pessoal, mas também profissional.

E foram essas memórias que a inspiraram para o ensaio fotográfico “Donna das Divinas Tetas”. Inspirada na música Vaca Profana, de Caetano Veloso, a artista traz fotografias que retratam mais do que empoderamento feminino, mas coragem, aceitação, amor por ser quem é e como é. E não só autorretrato, mas imagens de diversas mulheres com suas diferentes formas e cada uma delas recheada de uma história, de um momento de dor, de quebra de tabu, de aceitação, de peito aperto.

Neste trabalho, Martina se coloca como uma libertadora. “Ver as meninas se libertando do medo e até eu mesma foi difícil, mas incrivelmente catártico. No entanto ouvir alguns relatos de mulheres que não toparam serem fotografadas nos mostra como aprender a nos amar como somos é ainda urgente” reforça a artista.

Sobre a fotógrafa:
Martina Freire é natural de Arcoverde-PE e tem 31 anos. Há exatos 10 anos, Martina prefere ver o mundo através das lentes, e registrar de maneira singular a particularidade dos momentos, das pessoas e paisagens. Unir a precisão e a sensibilidade ao substrato do seu trabalho em constante evolução. Trabalha também com espetáculos teatrais, eventos literários, musicais e com a beleza do cotidiano.

Sobre o Fuá:
O Fuá é um movimento cultural que buscar reunir artistas de diversas vertentes. A fotografia, a música, a performance e o corpo como instrumento de intervenção. O principal propósito do projeto é o incentivo ao respeito das pluralidades. É de fundamental importância estar atento e forte, principalmente, nesse período tão delicado pelo qual passa nosso povo brasileiro. É tempo de abrir mais nossos olhos e ouvidos para o outro. Quando, na realidade, o outro somos nós. A arte não tem obrigação de representar nada. A arte é livre. Mas quando nos propomos a fazer parte dela uma ferramenta de sobrevivência e um espaço para as diversas vozes que precisam ecoar, aí, a história fica mais bonita.


Serviço:
Espaço Cultural Pimenta Rosa: Rua Doutor Miguel Vieira Ferreira, 814 – Torrões
Entrada: R$ 15,00
Produção: Mattoso Freire

Informações: Martina Freire

Nenhum comentário:

Postar um comentário