quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Projeto Nos Flashes do Interior resgata potencial histórico e geográfico de Paranatama


A cidade de Paranatama vem vivenciando as ações do Projeto Nos Flashes, incentivado pelo Funcultura – Governo do Estado. A ação foi iniciada no Povoado de Brejo Velho com uma turma de 30 alunos tendo como tema: As tradições de um povo. O facilitador Alex Régis, fotógrafo renomado do município, ministrou durante a semana aula teórica e culminou com a parte prática com os participantes. 

O produtor cultural Júnior Barros esteve presente com sua equipe e realizou um trabalho maravilhoso flashando e valorizando as raízes agrestinas do povo interiorano. Este projeto durará um ano percorrendo sítios, povoados e Escolas públicas de Paranatama e, ao final, terá encerramento na Casa da Cultura, com exposição de fotografia tiradas pelos participantes de Nos Flashes do Interior. 

Saiba mais sobre o Projeto

Nos flashes do Interior vem, além de incentivar a juventude paranatamense, também impulsionar a economia criativa, visto que aprender a arte de fotografar traz condições dignas de trabalho em eventos, galerias e lazer, bem como também resgata valores de nossas raízes agrestinas, valorizando nossa cultura e nosso território tantas vezes esquecido.  Portanto, o projeto foi pensado para incentivar a economia criativa do município através da fotografia.

"O fotografo Alex Régis já foi premiado em segundo lugar em concurso da UPE- Universidade de Pernambuco e tem vasta experiencia nessa área, portanto, com certeza fará, o workshop itinerante nas áreas rurais com bastante eficácia. Sabendo que nosso município tem um grande potencial, voltado para artes visuais, tomamos como iniciativa a elaboração desse projeto para capacitar e vivenciar através das lentes fotográficas a beleza de nossa terra, bem como estimular a economia criativa de nosso lugar", disse o produtor Cultural Júnior Barros, que realizou parcerias com a prefeitura local, Casa Cultura e Governo do Estado de Pernambuco.

Informações:AP Produções

Nenhum comentário:

Postar um comentário