quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Campanha “Diga Sim/Fiz um Gol pela Infância Brasileira”, beneficia famílias no Sertão Pernambucano


Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Região Nordeste tem o maior índice de pobreza registrado em 2017, afetando 43,5% da população. Com isso, a Legião da Boa Vontade, em ações permanentes em prol das famílias em vulnerabilidade social, promoveu a Campanha Diga Sim!/Fiz um Gol pela Infância Brasileira, entregando mais de 12 mil cestas de alimentos em dezesseis estados brasileiros.
 
Em Pernambuco, a Caravana da Boa Vontade percorreu mais de 800 quilômetros de asfalto e estradas de barro, para levar o amparo emergencial da LBV aos municípios de Arcoverde, Buíque, Pedra, Venturosa e Tupanatinga, nos dias 20, 21 e 22 de agosto, assistindo mais de mil famílias com cestas de alimentos com itens básicos. Todas as localidades assistidas pela Legião da Boa Vontade no Estado, contou com um estudo sócio assistencial pelo Serviço Social da Organização, como Índice de Desenvolvimento Humano – IDH da localidade, taxa de desemprego e a seca que há sete anos tem sido severa na região.
 
A presença da Instituição na zona rural de cada município, era agradecida pelas famílias assistidas com muita alegria. No povoado de Boqueirão, localizado no município de Tupanatinga, a família da senhora Ozilda Bezerra que é composta por seis pessoas, enfrenta a falta de emprego e chuva para o plantio. Eles sobrevivem de programas sociais, que não suprem o sustento da família. “A cesta de alimentos da LBV chega em boa hora, vivemos de programas sociais e não dá para o mês inteiro, a família é grande para comer”, declarou.
 
Em Buíque, a Caravana da Boa Vontade para chegar aos povoados de Amaro, Tanque e Catonho, percorreu o dia todo de um percurso ao outro, para a entrega de mais de quinhentas cestas na zona rural do município. A chegada da LBV é sempre um alento e um renovar de Esperança das famílias, que expressam marcas de uma vida sofrida de um trabalho árduo no campo, limpando e preparando a terra para ter o que comer.
 
A senhora Vera Lúcia, é agricultora de sustento, com um trabalho incessante na roça, enfrentando muita dificuldade para colocar o alimento na mesa, devido à falta de chuva na região. “Nossa vida é bastante sofrida somos um povo esquecido e vocês [da LBV] chegam em um momento que mais precisamos. Eu acreditei e a LBV chegou!”, afirma agradecida a sertaneja.
 
Em Venturosa, no sítio Grotão, centenas de famílias foram assistidas pela LBV, elas também enfrentam a forte seca e a falta de emprego. O prato do dia a dia de um sertanejo é feijão com farinha. A senhora Eva da Conceição de Lima, 55 anos, conta que tem quatro filhos, ela e o esposo, são seis pessoas na família. Ela agradece a presença da Instituição na região, que contribuí na melhoria da qualidade de vida de cada família que sofre com a seca na região. “Nosso muito obrigado e que Deus dê saúde a todos que colaboraram, não esqueçam da gente. Não temos emprego por aqui, quando chega esse apoio com uma cesta recheada é uma benção de Deus, graças a vocês [da LBV] vamos ter alimento na mesa para nossa família”, relatou a beneficiada.
 
No Recife, a unidade do Centro Comunitário de Assistência Social da LBV está localizada na Rua dos Coelhos, 219 — Coelhos, região central, próximo ao Cais José Mariano. Para outras informações, ligue: (81) 3413-8601.

Camila Mota de Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário