sexta-feira, 27 de julho de 2018

Público lota Praça Mestre Dominguinhos para ver Emicida e Nação Zumbi na oitava noite do Festival de Inverno de Garanhuns


A oitava noite do Festival de Inverno de Garanhuns, foi marcada pela personalidade marcante das atrações. Quem abriu a noite foi a banda garanhuense Stiil Living com muito rock atual e progressivo. A segunda atração da noite foi a banda baiana ÀTTØØXXÁ que misturava pagode e música eletrônica. Mais a Praça Mestre Dominguinhos veio a baixo com o show do rapper Emicida. O cantor entrou no palco usando uma máscara de Lula e falou por que apoia o ex -presidente brasileiro que está preso. Emicida trouxe a Garanhuns, o show do DVD "10 Anos de Triunfo" que traz músicas como "Passarinhos", "Hoje Cedo", "Madagascar", "Pantera Negra" , "Baiana" e a inédita, "Todos os Olhos em Nóiz" que no DVD conta com a participação da MC Karol Conka.

Emicida contou ao público que "Pernambuco tem um lugar muito especial na vida dele. Quando menino, ganhou um concurso de histórias em quadrinhos e o prêmio que era uma viagem de avião o trouxe ao estado. Foi a minha primeira viagem de avião. Vocês me fizeram sentir em casa, é como se tivesse voltado pra casa", disse o artista emocionado.
 

Quem encerrou a noite foi o grupo Nação Zumbi. O grupo trouxe a Garanhuns o seu mais novo trabalho," Vitrola NZ" que desfila pela carreira com banda com releituras das músicas. No repertório cantado em coro por uma praça lotada , músicas como "Um Sonho", "Manguetown", "Maracatu Atômico" como "Refazenda", de Gilberto Gil, e "Amor", de Secos e Molhados. , Balanço (Tim Maia, 1973), Não há dinheiro que pague (Renato Barros, 1968), Sexual healing (Marvin Gaye, Odell Brown e David Ritz, 1982) e, Conserve seu medo (Raul Seixas e Paulo Coelho, 1978).

Pelo Palco Mestre Dominguinhos hoje passam 20h – Romero Ferro, 21h – Coco de Umbigada
22h – Filipe Catto (RS), 23h – Gaby Amarantos (PA), 0h30 – Johnny Hooker.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário