quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Ministério da Educação: Arcoverde está apta a receber a Faculdade de Medicina


Por meio de comunicado divulgado na manhã desta quarta-feira, 21 de fevereiro, o Secretário de Regulamentação e Supervisão da Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado, informou que o município de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, está entre as cidades brasileiras com resultado satisfatório para a implementação da Faculdade em Medicina.
Traduzindo a luta incansável da prefeita Madalena Britto (PSB), em prol de novos avanços no Ensino Superior de Arcoverde, o resultado do Ministério da Educação - MEC, que se refere ao Edital de Chamamento Público de Municípios para a Implantação do Curso de Graduação em Medicina por Instituição de Educação Superior Privada, consiste em ressaltar que a Rede de Saúde de Arcoverde e região se adequou, nos últimos três anos, aos critérios estabelecidos para a instalação da faculdade. Contando com o apoio de diversos parceiros políticos importantes, Madalena Britto evidencia que o seu trabalho para a vinda do curso de Medicina para a cidade está garantido.
Nos últimos dias 25, 26 e 27 de janeiro, a secretária municipal de Saúde, Andreia Karla, acompanhou os auditores do Ministério da Educação, que avaliaram in loco toda a estrutura de saúde do município e da região para a Faculdade de Medicina. As visitas técnicas aconteceram nas Unidades Básicas Saúde da Família, Caps II, Caps AD III, Policlínica, UPA DIA, Mens Sana, UPAE, Hospital Regional Rui de Barros Correia, SOS RIM e Hospital Memorial Arcoverde, que também conta com leitos do SUS na enfermaria, UTI e dão suporte as cirurgias de oncologia. “Todos esses equipamentos servirão de campo de estágio para os estudantes da Faculdade Medicina”, informou Andréia, que também acompanhou a vistoria no Hospital de Sertânia. 
Desde o seu primeiro mandato, a partir de 2013, a prefeita Madalena Britto tem demonstrado que as áreas de Educação e Saúde são os principais eixos de sua gestão pública, possibilitando a inclusão de novos cursos de graduação e pós-graduação, oferecidos através da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA, e a inauguração do campus da Universidade de Pernambuco - UPE, em outubro do ano passado.
“Nosso compromisso em trazer melhorias tanto para a rede municipal de Saúde, quanto para os segmentos da Educação, são peças fundamentais que vão muito da conclusão desta gestão pública. Por tudo isso, a batalha que visa avanços nestes dois segmentos de Arcoverde continua”, ressaltou a prefeita Madalena.
Em Pernambuco, além de Arcoverde, participaram do Edital as cidades de Araripina e Goiana. Contudo, Arcoverde e Araripina foram as cidades aprovadas.

EDITAL - O município de Arcoverde finalizou a adesão ao Edital do MEC no dia 19 de dezembro de 2017, com o envio da documentação via sistema SIMEC. De acordo com a documentação, foram inseridos no referido sistema: RG e CPF da prefeita e da secretária de saúde, diploma da prefeita, portaria da secretária, termo de parceria entre Arcoverde e os municípios de Venturosa, Custódia, Pesqueira e Sertânia, e indicação de servidor responsável pelo acompanhamento. 
Informações: PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário