sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Martinho da Vila volta ao Recife com o show “Enredo”

Cantor, compositor, autor e músico, Martinho da Vila é um dos grandes nomes do samba brasileiro. O artista vem ao Recife em duas noites com o projeto "Enredo", no palco do Manhattan Café Theatro, em dois dias de shows, na sexta (23) e sábado (24). As apresentações acontecem a partir das 21h. Na abertura, show dos Garçons Cantores.

O projeto "Enredo" conta com CD, DVD e o livro Sambas e Enredos. Com 14 faixas, o álbum é exclusivamente de sambas enredos que o artista criou, desde o primeiro realizado para a Unidos de Vila Isabel, a canção “Carnaval de Ilusões”, até o último, “A Vila canta o Brasil celeiro do mundo – Água no feijão que chegou mais Um”, com a qual a Vila foi campeã. Ainda no projeto, sambas na Aprendizes da Boca do Mato, escola onde Martinho iniciou suas composições. Outras canções, como “Noel – A presença do Poeta”, “Onde o Brasil aprendeu a Liberdade / Sonho de um Sonho”, “Vila Isabel anos 30 / Ai, que saudades que eu tenho” também permeiam o trabalho. Além das músicas do novo álbum, grandes clássicos da carreira de Martinho serão relembrados nos três dias de apresentações, como “Canta Canta Minha Gente”, “Mulheres”, "Devagar, Devagarinho" e "Disritmia". 

“Neste show eu cantarei sambas do projeto Enredo, intercalados com sucessos da minha carreira artística. Dentre os sambas de desfile, certamente estará o “Onde o Brasil aprendeu a Liberdade”, com a qual a Vila, em 1972, homenageou Pernambuco e, particularmente, Jaboatão dos Guararapes, cidade da qual eu sou cidadão honorário, com muito orgulho”, revela. 

Sobre o formato intimista das apresentações, Martinho afirma que aprecia o estilo “Gosto muito de fazer shows intimistas e de me apresentar em pequenos espaços. A diferença é grande, mas a preocupação com o público é a mesma”, finaliza.

Martinho também é escritor, autor de 13 livros, dentre os quais Os Lusófonos, reeditado em Portugal, assim como Joana e Joanes – Um Romance Fluminense e Ópera Negra, lançados em francês. O artista escreveu artigos para O Globo, Folha e Estado de São Paulo. Durante dois anos foi cronista semanal do Jornal O Dia. 

O ingresso individual custa a partir de R$ 200 (sexta, dia 23 e sábado, dia 24). O Manhattan fica na Rua Francisco da Cunha, 881 - Boa Viagem, Recife - PE. Mais informações pelo fone (81) 3325 – 3372.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário