terça-feira, 25 de agosto de 2015

Festival Recifense de Literatura – A Letra e a Voz


Com início no dia 26 de agosto, às 19h, o “A Letra e a Voz” abrirá a noite com a performance “Onça Malhada”, da bailarina Maria Paula Costa Rêgo. Na sequência, a mesa “As múltiplas faces de Ariano” debaterá a contribuição da obra do artista para a literatura, o teatro e o cinema, com a participação do escritor Raimundo Carrero e da antropóloga e cronista Fátima Quintas, e mediação do jornalista Hugo Viana. Encerrando o primeiro dia de atividades do festival, acontece a leitura de obra de Ariano pelo artista Bráulio Tavares.

Na quinta-feira (27), o festival começa com a intervenção teatral “Romeu e Julieta, cordel de Ariano Suassuna”, com o ator Aramis Trindade e os músicos Zé da Flauta e Arthur Araújo. Logo depois, Carlos Newton Junior apresenta a palestra “A Importância do romanceiro popular nordestino na obra de Ariano Suassuna”. A noite encerra com a cantoria de Edmilson Ferreira (sempre citado em um dos poemas declamados por Ariano em suas aulas espetáculo) e Oliveira de Panelas.
A sexta-feira (28) será dedicada aos personagens criados por Ariano Suassuna. A mesa “Eu vivi Ariano” reunirá os atores Virgínia Cavendish, Williams Santanna e Geninha da Rosa Borges, que deram vida a figuras clássicas das obras arianas. A mediação será do escritor e jornalista Cristiano Ramos. E para quem gosta de repente, a noite traz ainda a realização, pela primeira vez no Recife, de uma mesa de glosas temática, a partir da vida e obra de Ariano - são estrofes de dez versos, metrificados e rimados, feitos de improviso a partir de motes recebidos na hora. Cinco poetas do Sertão do Pajeú participam do desafio, que será coordenado por Cida Pedrosa: Dudu Morais, Genildo Santana, Henrique Brandão, Maciel Correia e Zé Adalberto.

FESTA DO LIVRO

O sábado (29) e o domingo (30) serão dedicados à Festa do Livro, onde editoras, autores e livreiros estarão apresentando diversos títulos em stands montados na Avenida Rio Branco. A feira, que funcionará das 8h às 19h, conta ainda com atividades paralelas tais como contação de histórias, recitais, lançamentos literários e apresentações artísticas.

No sábado, a partir das 14h, a cordelista Susana Morais e o músico Tio Diego contam histórias e apresentam cordéis para a garotada. Logo depois, às 16h, acontece recital poético com o grupo Doiscordéis. E encerrando a programação do dia, o grupo Em Canto e Poesia se apresenta a partir das 19h.

No domingo, a partir das 14h, tem contação de histórias com a Turma Mangue e Tal, da Secretaria de Meio Ambiente do Recife, levando diversão e conscientização ambiental para as crianças. E a partir das 18h, acontece a final do Recitata 2015 – Concurso de Poesia Oral do Recife, onde os dez finalistas se apresentam. Os 1º, 2º e 3º colocados receberão prêmios no valor de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil reais, respectivamente.

Serviço:
13º Festival Recifense de Literatura – A Letra e a Voz
Quando: de 26 a 30 de agosto
Horário: de quarta a sexta-feira, a partir das 19h
Sábado e domingo, das 8h às 20h
Local: Avenida Rio Branco, Bairro do Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário