terça-feira, 25 de agosto de 2015

Em plena crise, Senado aprova reajuste de 41% para servidores do Ministério Público Federal


Enquanto o salário mínimo teve um aumento de 8,8% em 2015, o Senado aprovou nesta terça-feira (25) um reajuste de 41% para os servidores do Ministério Público Federal, distribuído em oito parcelas, a ser pago ao longo de quatro anos. E olha que o texto original do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) era de 56%. O projeto será enviado de volta à Câmara dos Deputados por causa das modificações feitas pelo Senado.


O projeto de lei da Câmara é baseado em acordo entre o Poder Executivo e o Ministério Público da União, que negociaram uma nova proposta de reajuste salarial ao levar em conta o aspecto orçamentário. 

A diferença entre o novo vencimento e o anterior será paga em parcelas sucessivas, não cumulativas, distribuídas nas várias faixas dos servidores. O aumento incidente sobre a remuneração do ano anterior se dará da seguinte forma: 9,28% em 2016; 9,27% em 2017; 8,81% em 2018; e 8,40% em 2019.
Solução

Parece que a crise no país só chegou para nós, na Câmara e no Senado , a crise ainda não chegou; ou seria a falta de vergonha?

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário