quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Agentes Locais participam de Capacitação em Produção Artesanal


Palmares, na Mata Sul, sediará, nesta quinta-feira (13), a oficina de trabalho para a melhoria da produção do artesanato em tecidos, jornal e aviamentos, que é a potencialidade local. A iniciativa faz parte do Ciclo de Capacitações de Agentes Locais, desenvolvida pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, dentro das atividades da Rede  Pernambucana de Municípios Saudáveis, com foco na melhoria na qualidade da Produção Artesanal.

Ao todo serão capacitados 100 representantes de três municípios. A primeira oficina de trabalho ocorreu na última terça-feira (11), em Itaquitinga, na Mata Norte, que tratou da temática na produção de artesanato em tecido e aviamentos, potencialidade local identificada. Já em São Vicente Férrer, o treinamento vai destacar a produção artesanal em palha de bananeira, e está prevista para ser realizada em setembro. À oficina precede o trabalho de identificação de grupos existentes nos municípios que produzem artesanato e a articulação e mobilização dos agentes locais.  

Os cursos de capacitação artesanal são ministrados de forma especial, usando a matéria-prima de cada região. A partir delas, os participantes estarão agregando valor aos produtos artesanais produzidos pelos grupos locais; divulgando os produtos resultantes da capacitação em feiras e outros locais de venda, visando inclusive à participação na XVII Feira de Artesanato - Fenearte em 2016; e, ainda, fortalecendo a comercialização dos produtos. Para o presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo, a formação profissional “é o meio mais saudável e concreto de se promover uma melhoria considerável na vida das pessoas, contribuindo também para o desenvolvimento local”.

A diretora de Articulação e de Apoio ao Desenvolvimento Regional da Agência Condepe/Fidem, Graça Tavares, explicou que a entidade promove a capacitação profissional visando proporcionar aos municípios integrantes da Rede a possibilidade de melhorar a qualidade dos produtos, e atender às exigências de mercado. "A capacitação atua fortalecendo o município e seus habitantes, mas principalmente internalizando os princípios da Rede, a exemplo do desenvolvimento do trabalho em grupo, crescimento pessoal e coletivo, respeito da cultura local, entre outros", registra a diretora.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário