segunda-feira, 22 de junho de 2015

Segundo dia do São de Arcoverde foi de forró, poesia, mpb e brega


O segundo dia São João de Arcoverde foi de muita cultura popular, música gospel, poesia, forró , mpb e até brega. Essa mistura de ritmos e manifestações culturais, acabou ajudando a esquentar o frio que está fazendo na capital do Sertão. 

Quem comandou a noite no palco gospel foi a Igreja Episcopal - Paróquia Príncipe da Paz que cantou muitos louvores e realizou um momento de oração com o público presente. A igreja localizada no São Cristóvão, em Arcoverde, levou muitos hinos da igreja em ritmo de forró, com direito a sanfona e tudo.


Enquanto isso, no palco principal, o cantor Wagner Carvalho , um dos homenageados do São João deste ano, subia ao palco para cantar muito forró, com xote e baião, desfilando seus sucessos. O show ainda contou com a participação de Júnior Saigon. 

Em seguida, Musa subiu ao palco e o brega com o arrocha tomou conta da praça. 

Já no palco multimusical, quem abriu a noite foi o Projeto Ritalinos, de Garanhuns, cuja performance visual e musical é baseada no repertório da cantora Rita Leee.

A segunda atração da noite foi Tonino Arcoverde, que apresentou um show repleto de poesia cantando as belezas e histórias da “terra do Cardeal” como " Telhados da Várzea" e "Canto de Saudade".

Quem encerrou a noite foi Clayton Barros.


No pólo das artes que estava lotado teve entre outros, Os Contadores de História, que cantaram músicas autorais e forró pé de serra além de muita poesia e o Coco da Malhada que deu um show e levou o público ao delírio.


Uma prova da renovação constante de cultura do coco tão presente na cidade de Arcoverde.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário