terça-feira, 16 de junho de 2015

Câmara aprova perda de mandato em caso de infidelidade partidária

A Câmara aprovou na noite desta terça-feira (16), o projeto de lei que determina a perda imediata de mandato em caso de infidelidade partidária. Segundo o texto, o político que se desligar do partido pelo qual foi eleito, perderá o mandato, excerto em se tratando de casos graves. O projeto foi aprovado com 433 votos.
Outra novidade aprovada foi a impressão do registro de cada votação feita em urna eletrônica. Pelo texto, o voto será impresso automaticamente e depositado em local previamente lacrado sem contato manual do eleitor.
Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário