sexta-feira, 15 de maio de 2015

O mundo perde B.B King, o 'rei do blues'

B.B. King, morreu na madrugada desta sexta-feira (15), aos 89 anos de idade

Foto: Divulgação

O mundo perdeu na madrugada desta sexta-feira (15), aos 89 anos, um dos maiores gênios que a música conheceu. O músico B.B. King, considerado o "rei do blues" e integrante do Hall da Fama do Rock and Roll.

O guitarrista havia sido hospitalizado em abril. após sofrer uma desidratação por causa da diabetes tipo 2 da qual sofria há mais de 20 anos. Ele voltou a ser internado há poucos dias e não resistiu.

A lenda do rock lançou ao longo da dos seus 60 anos de carreira mais de 50 discos com músicas que marcaram época, como “Three o’clock blues”, “The thrill is gone”, “When love comes to town”, “Payin’ the cost to be the boss”, “How blue can you get”, “Everyday I have the blues”, “Why I sing the blues”, “You don't know me”, “Please love me” e “You upset me baby” , além de ter recebido 16 Grammy.

Considerado o maior guitarrista de blues da atualidade, Riley B. King, nasceu em 16 de setembro de 1925, no Mississippi, Estados Unidos. Sua infância foi parecida com a de milhares de meninos negros, trabalhadores agrícolas nas grandes plantações de algodão do sul segregacionista.

O músico foi autodidata, nunca teve professor convencional. Tocava nas esquinas e em bares. Comprou o primeiro violão quando a falta de eletricidade no interior do país fazia dos instrumentos musicais a maior atração dos anos de 1940.

Mais uma grande perda para a música.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário